COBERTURA ESPECIAL - Ecos - Guerras, Conflitos, Ações - Terrestre

21 de Fevereiro, 2019 - 10:00 ( Brasília )

Monte Castelo - Ordem do Dia



Tomada de Monte Castelo
21 Fevereiro 1945

Ordem do Dia


A mais de 8.000 km, incrustado na cadeia dos Apeninos, no Norte da Itália, a cota 971 baliza Monte Castelo. Há exatos 74 anos, esse movimento capital do terreno foi palco de um dos mais heroicos feitos das armas brasileiras, onde a Força Expedicionária Brasileira (FEB) mostrou ao mundo o valor do combatente verde-oliva, contribuindo para o restabelecimento da paz e da liberdade.

Naquele longínquo 21 de fevereiro de 1945, sob frio intenso, terreno escarpado, pouca visibilidade que impedia o apoio aéreo dos audazes pilotos do 1º Grupo de Aviação de Caça, enfrentando o inimigo altamente adestrado e experiente,  nossos  abnegados  pracinhas executaram o quarto e vitorioso ataque, rompendorompendo as defesas tedescas e abrindo o prosseguimento para a cidade de Bolonha.

O “V” da vitória final, que ecoa na Canção do Expedicionário, foi construído às custas do sangue de nossos camaradas. Do Terceiro-Sargento Alcebíades Sodré, carioca da gema; do Capitão Capelão Antônio Álvares da Silva, o nosso Frei Orlando, mineiro de Moravânia; do Soldado Belmiro Ferreira da Silva, potiguar de Augusto Severo; além de centenas de outros militares brasileiros, de todos os cantos, credos e raças, que entregaram, em sacrifício supremo, o que tinham de mais caro: suas próprias vidas.

Em Monte Castelo, como em outras vitórias da FEB, nossos heróis honraram os exemplos dos bravos de Guararapes, das lutas pela independência e das guerras travadas no cone sul do continente. A campanha da Itália somou inúmeros exemplos de bravura, dedicação, amor à Pátria e sentimentos fraternos aos valores cultivados pelos homens e mulheres do Exército de Caxias.

Tais valores, típicos da vida castrense e que emprestam à carreira das Armas indiscutível singularidade, continuam sendo evidenciados nas nossas missões de paz, nas operações de garantia da lei e da ordem e em tantas outras ações executadas em proveito do bem-estar, da segurança e do progresso do País.
 
 
   Soldado brasileiro! Das selvas e dos cafezais; das praias sedosas, das montanhas alterosas, dos pampas e do seringal; das margens crespas dos rios, dos verdes mares bravios; da nossa terra natal! Que o esforço e o sacrifício oferecidos pelos combatentes que conquistaram Monte Castelo sirvam de exemplo e motivação para continuarmos a cumprir, com eficiência e eficácia, as missões que a Constituição nos atribui. Que o povo brasileiro saiba que o “Braço Forte” e a “Mão Amiga” de seu Exército estarão sempre prontos para defender o Brasil das ameaças de qualquer natureza e apoiar o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, próspera e fraterna


 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


America Latina

America Latina

Última atualização 25 MAR, 14:00

MAIS LIDAS

Ecos - Guerras, Conflitos, Ações