COBERTURA ESPECIAL - Ecos - Guerras, Conflitos, Ações - Terrestre

09 de Agosto, 2018 - 12:00 ( Brasília )

CMS comemora os 147 anos da entrega da espada de ouro ao Marechal Osorio


No dia 6 de agosto, o Comando Militar do Sul (CMS) realizou, na Praça da Alfândega, no Centro Histórico da cidade, a solenidade alusiva aos 147 anos da entrega da espada de ouro ao General Manuel Luis Osorio e 85 anos da inauguração da estátua em sua homenagem.

O Comandante Militar do Sul, General de Exército Geraldo Antonio Miotto, presidiu a cerimônia, que contou com as presenças do General de Exército Fernando Sérgio Galvão, antigo Ministro do Superior Tribunal Militar; do General de Exército Carlos Bolivar Goellner, antigo Comandante Militar do Sul; do Desembargador Federal Carlos Eduardo Thompson Flores, Presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região; do Dr Amilcar Fagundes Freitas Macedo, Juiz Corregedor do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul; do General de Divisão Fernando Vasconcellos Pereira; do General de Brigada Fernando Telles Ferreira Bandeira, Chefe do Estado-Maior do CMS; do General de Brigada Álvaro Nereu Klaus Calazans; do General de Brigada Luiz Carlos Rodrigues Padilha, Assessor de Relações Institucionais do CMS; e demais autoridades civis e militares.

 

A entrega da espada ao Marechal Osorio

Proveniente de Pelotas, onde morava, o então General Osorio chegou a Porto Alegre em 30 de julho de 1871 para receber a homenagem que seus companheiros de lutas na Guerra da Tríplice Aliança lhe prestariam. O Exército imperial havia promovido uma subscrição para mandar fazer uma espada de honra a ser doada a Osorio.

A recepção ao Marechal Osorio, após o desembarque, ocorreu no mesmo local onde hoje está colocada a sua estátua, na Praça da Alfândega. A espada de ouro possuía as inscrições “O Exército ao bravo Osorio” e “Passo da Pátria, Tuiuti, Humaitá e Avaí”.

Em 6 de agosto de 1871, no Campo da Várzea, ocorreu a solenidade de entrega da espada, feita pelo Coronel Deodoro da Fonseca, um dos militares que constantemente estiveram ao seu lado nos campos de batalha. Ao agradecer, Osorio disse que a recebia pelos serviços que havia prestado à Pátria, à aliança e à liberdade na América. Finalizando, afirmou que suas vitórias foram conquistadas devido ao patriotismo e à bravura dos soldados que comandara.

 

Fotos: Sd Bernardo - CMS / EB


Outras coberturas especiais


PROSUB S40

PROSUB S40

Última atualização 14 DEZ, 12:45

MAIS LIDAS

Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

2