COBERTURA ESPECIAL - Ecos - Guerras, Conflitos, Ações - Aviação

27 de Setembro, 2011 - 10:29 ( Brasília )

Corpo de militar morto na 2ª Guerra volta aos EUA 67 anos depois


Mais de 67 anos após sua morte em um campo de batalha da Segunda Guerra Mundial, o corpo do militar americano Meceslaus T. Miaskiewicz partirá na terça-feira rumo à sua terra natal, Massachusetts, desde o povoado bósnio onde seus restos permaneceram durante todos estes anos.

No último mês de junho, os restos mortais deste militar de origem polonesa foram localizados na aldeia de Stubica, 160 quilômetros ao sul de Sarajevo, onde seu avião foi abatido pelas defesas alemãs, segundo informou nesta segunda-feira a agência "Srna".

"No dia 18 de maio de 1944, três bombardeiros americanos B-17 retornavam de um ataque a campos petrolíferos na Bulgária quando as forças alemãs atingiram um deles sobre a localidade de Stubica. Na ocasião, oito soldados morreram", declarou o arqueólogo Tihomir Glavas.

Os militares foram enterrados pelos moradores da região e em 1946 sete dos corpos foram entregues às autoridades dos Estados Unidos, mas ainda se desconhece por que Miaskiewicz ficou esquecido.

Seus restos foram exumados em junho deste ano de uma fossa na qual também foram encontrados um porta-níqueis e uma chapa de identificação, que inclui o nome da pessoa que deveria ser informada no caso da morte do militar.

A identidade de Miaskievic foi confirmada pelo teste de DNA efetuado por legistas americanos.

O corpo do soldado será agora recebido com as honras militares que recebem aqueles caídos em combate.