COBERTURA ESPECIAL - EC725 / H225M - Aviação

12 de Outubro, 2016 - 12:05 ( Brasília )

H225M - Airbus Helicopters acusa Polônia por fim de negócio


A Airbus Helicopters protestou, nesta terça-feira, pela forma como a Polônia rompeu um acordo de milhões de euros para o fornecimento de 50 helicópteros H225M Caracal.

"Nunca fomos tratados por nenhum governo, nosso cliente, da forma como este governo nos tratou", afirmou o diretor executivo (CEO) do fabricante aeronáutico europeu, Tom Enders, num comunicado divulgado dias depois de o Presidente francês, François Hollande, ter adiado uma visita a Varsóvia.

"As declarações controversas e contraditórias do governo polonês ao longo deste procedimento de adjudicação criaram a impressão de uma confusão sem precedentes", afirmou.

"A Airbus Helicopters queria verdadeiramente investir na Polônia, mas o governo polonês fechou-nos a porta na cara. Tomamos boa nota", acrescentou.

Numa carta aberta enviada à primeira-ministra Beata Szydlo e distribuída aos jornalistas polonêses, a Airbus Helicopters contesta as razões alegadas por Varsóvia para anular a encomenda dos helicópteros.

A missiva, assinada pelo diretor-geral da companhia, Guillaume Faury, nega uma a uma as críticas avançadas pelo governo polonês, evocando "alegações noticiadas pelos 'media', mas sem citar diretamente os ministros do Desenvolvimento, Mateusz Morawiecki, e da Defesa, Antoni Macierewicz.

"Cremos que os cidadãos poloneses e as Forças Armadas da Polônia merecem conhecer com total transparência o processo de licitação", afirma, acrescentando que Varsóvia rompeu "unilateralmente" as negociações apesar de repetidas concessões da empresa.

A proposta, afirma, previa a construção e manutenção dos helicópteros na Polônia, um "projeto notável" que permitiria criar no país instalações "com potencial de crescimento".

Apesar das muitas concessões do construtor europeu, lê-se na carta, o governo polonês acabou por apresentar novas exigências "impossíveis de cumprir", e o projeto acabou por ser entregue às companhias Lockheed e Leonardo, que a Airbus acusa de lançarem uma campanha "enganosa e agressiva".

Varsóvia acabou por anunciar a compra de helicópteros Black Hawk, da norte-americana Lockheed, em número ainda não precisado.

Fonte: http://www.jn.pt

Leia a carta aberta ao Governo polonês (texto original em inglês)

Open letter to the Polish Prime Minister [link]



Outras coberturas especiais


Pacífico

Pacífico

Última atualização 22 SET, 12:00

MAIS LIDAS

EC725 / H225M