COBERTURA ESPECIAL - EC725 / H225M - Aviação

05 de Novembro, 2014 - 14:35 ( Brasília )

Helibras e Airbus Helicopters realizam com sucesso retrofits do EC225/EC725


A Helibras e a Airbus Helicopters estão trabalhando em parceria com operadores de seus helicópteros EC225 e EC725 para implementar a etapa final das soluções aprovadas e certificadas em abril deste ano para o modelo - o  retrofit das caixas de transmissão principal com eixo vertical redesenhado.
 
Nas aeronaves brasileiras, a Helibras já realizou retrofits em um dos EC725 entregues e em cinco unidades da linha de produção. Quanto aos EC225, das 14 aeronaves operando no Brasil, três já receberam o novo eixo.

A previsão da Helibras é realizar o trabalho em três unidades por mês, em coordenação com a disponibilidade dos clientes militares e civis, aproveitando as paradas das aeronaves para manutenção.

A Helibras é um dos três Centros de Serviço no mundo capacitados para realizar esse trabalho, graças ao investimento em ferramental e capacitação de seus técnicos para a montagem e manutenção local, realizado em função do programa militar EC725. Com isso, a empresa atenderá, além da frota brasileira, as 15 aeronaves em operação no Chile, Venezuela e México.
 
O retrofit vai envolver 260 helicópteros da frota mundial e terá uma duração de aproximadamente 18 meses, a fim de equipar todos os helicópteros em operação. Para isso, as empresas estruturaram uma organização industrial dedicada, minimizando impactos aos operadores. Cerca de 50 helicópteros já estão voando com o eixo redesenhado, acumulando mais de 5.000 horas de operação.
 
“A Airbus Helicopters se dedica a garantir operações seguras e de alta performance aos seus clientes. Nossas equipes estão totalmente mobilizadas e trabalhando em estreita colaboração com os clientes ao redor do mundo para realizar os retrofits de seus EC225/EC725 da maneira mais eficiente possível ", disse Marie-Agnes Veve, chefe de programas dos modelos Super Puma e EC225/EC725.
 
O retrofit é realizado pela troca do módulo da caixa de transmissão principal durante uma atividade de manutenção padrão ou de forma proativa, como a organizada entre a fabricante e seus clientes.
 
Desde os primeiros eventos, no Mar do Norte, em 2012, a empresa estabeleceu medidas de segurança para que a frota de petróleo e gás retomasse, progressivamente, o serviço completo, realizando com sucesso mais de 80.000 horas de voo. Com a introdução do novo eixo e caixa, as medidas de segurança interinas não serão mais necessárias.

 


Outras coberturas especiais


Panorama Haiti

Panorama Haiti

Última atualização 17 NOV, 19:40

MAIS LIDAS

EC725 / H225M