COBERTURA ESPECIAL - Dossiê EMBRAER - Aviação

18 de Março, 2019 - 10:20 ( Brasília )

A-29 Super Tucano: Embraer nega joint venture com Boeing


Na noite de sexta-feira (15MAR2019), mais de 24 horas após a declaração do executivo Nelson Salgado a agência Reuters, a EMBRAER emitiu um comunicado.
 

COMUNICADO

São Paulo – SP, 15 de março de 2019 – A Embraer esclarece que a joint venture com a Boeing na área da defesa não envolverá o A-29 Super Tucano.

-x-

Artigo relacionado:  

Aviões Super Tucano da Embraer poderão fazer parte de parceria com Boeing, diz executivo [Link]


A Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola.

A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda. Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves.

Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros. A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil.

A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


LAAD 2019

LAAD 2019

Última atualização 22 ABR, 12:00

MAIS LIDAS

Dossiê EMBRAER