15 de Março, 2012 - 09:22 ( Brasília )

Defesa

EADS aumenta atividades de compras no Brasil


São Paulo, 14 de março de 2012 - Como parte do desenvolvimento de suas atividades globais de compras, a EADS anuncia a abertura do escritório de compras no Brasil, após a abertura de escritórios na Índia, China e nos Estados Unidos.
 
O novo escritório de compras da EADS Brasil é liderado por Marcus Campos, que tem experiência acumulada nos setores automotivo e aeroespacial. Baseado em São Paulo, o escritório faz parte da rede global de compras da empresa, dirigido por Philippe Advani, e está totalmente integrado a EADS Brasil,  filial da EADS no país, chefiada por Bruno Gallard.
 
Esta iniciativa, que está totalmente alinhada ao plano estratégico Visão 2020 da empresa, faz parte do compromisso de longo prazo da EADS com a região. O Brasil é considerado um país prioritário para a empresa e suas divisões, uma vez que oferece elevado potencial de mercado e forte competência aeroespacial e de defesa.
 
"O aumento no volume de compras do Brasil para a nossa cadeia de fornecimento global nos ajudará a desenvolver relacionamentos de longo prazo com parceiros brasileiros muito competentes. Esta iniciativa está totalmente alinhada a nossa visão do Brasil como um país estratégico para a EADS", disse Bruno Gallard, CEO da EADS Brasil. Philippe Advani, vice-presidente da EADS Global Sourcing Network acrescentou: "É a intenção da EADS apoiar a cadeia de abastecimento brasileira e aproveitar o rápido crescimento dos mercados aeroespacial e de segurança."
 
O escritório ajudará a impulsionar as atividades do grupo do Brasil. O principal objetivo é identificar oportunidades para todas as divisões da EADS e unidades de negócio (incluindo Airbus, Airbus Military, Cassidian, Astrium e Eurocopter). A iniciativa também visa aprimorar relações com players locais do setor aeroespacial e de defesa, contribuindo com esta indústria e promovendo o desenvolvimento do setor.
 
Sobre a EADS
 
A EADS é líder mundial nos segmentos aeroespacial, de defesa, segurança e serviços relacionados. Em 2011, o Grupo, que inclui a Airbus, Astrium, Cassidian e Eurocopter, faturou € 49,1 bilhões e empregou aproximadamente 133 mil pessoas.
 
No Brasil, a EADS mantém investimentos há 34 anos, tendo iniciado sua presença por meio da Helibras, subsidiária local da Eurocopter. Também está presente através da EADS Brasil, da Cassidian Brasil, da Astrium Geo Information Services Brasil, do escritório de representação da Airbus Military, da Equatorial Sistemas, da qual a Astrium é acionista e de uma joint venture entre a Cassidian e a Odebrecht. Desenvolve parcerias de longo prazo com clientes como a TAM, Forças Armadas, Polícia Federal, Agência Espacial Brasileira (AEB), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e as forças policiais estaduais