03 de Março, 2012 - 12:50 ( Brasília )

Defesa

PAED - Comitê dos Chefes dos Estados-Maiores debate programas e projetos comuns das Forças Armadas


Brasília, 02/03/2012 — O Comitê dos Chefes dos Estados-Maiores das Forças Armadas do Ministério da Defesa se reunirá na próxima segunda-feira (5/3) para debater programas e projetos comuns das Forças Armadas. O encontro fecha o ciclo dos grupos de trabalho que discutiu os desdobramentos da Comissão Logística Militar e do Plano de Articulação das Forças Singulares.

Estabelecido pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, o comitê tem o objetivo de incrementar a interoperabilidade, ou seja, a integração entre Marinha, Exército e Aeronáutica, e é coordenado pelo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general-de-exército José Carlos de Nardi.

Na agenda de trabalho do 12º encontro serão abordados a situação do satélite geoestacionário de comunicações, a Comissão Militar de Logística (Comlog), a conjuntura dos grupos de trabalho referente aos programas e projetos comuns, os recursos orçamentários e os planos de trabalho de atualização dos manuais do EMCFA.

Na primeira reunião de coordenação do comitê, que ocorreu em 2010, foram destacadas a importância da união e do alinhamento das Forças para fazer cumprir as determinações fixadas pela Estratégia Nacional de Defesa (END), que constam nas diretrizes da Portaria nº 1.429, que instituiu o cargo do chefe do EMCFA.

Nova Defesa

O cargo foi criado pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, que lançou as bases para a estruturação da Nova Defesa. O órgão coordena as ações militares e atua em acordo com os comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. Cabe ao general De Nardi, como chefe do EMCFA, a responsabilidade pelo emprego das três Forças. Os comandantes são encarregados do seu adestramento.

É atribuição, ainda, do chefe do EMCFA a condução das atividades de estado-maior da Defesa; da Secretaria de Ensino, Logística, Mobilização, Ciência e Tecnologia (Selom); e da Secretaria de Política, Estratégia e Assuntos Internacionais (SPEAI).