15 de Fevereiro, 2012 - 11:51 ( Brasília )

Defesa

EMBRAER DEFESA e SEGURANÇA Expande Presença na Ásia Pacífico


Singapura, 15 de fevereiro de 2012 – A Embraer Defesa e Segurança está presente na edição 2012 do Singapore Airshow (chalé #CD51) promovendo uma ampla gama de soluções integradas que combinam elevado conteúdo tecnológico e eficiência operacional a custos de aquisição e operação competitivos. Dois executivos da área de vendas participam do evento: João Tolesani, Diretor de Novos Negócios para região da Ásia Pacífico, e Sérgio Bellato, Diretor de Novos Negócios para o sul da Ásia, Oriente Médio e Europa. A Empresa também celebra a expansão da sua presença no mercado da Ásia Pacífico, com as entregas das primeiras aeronaves Super Tucano e EMB 145 AEW&C na região.

O portfólio da Embraer Defesa e Segurança inclui aviões militares, tecnologias de radar de última geração, veículos aéreos não-tripulados (VANT) e avançados sistemas de informação e comunicação, como as aplicações de Comando, Controle, Comunicações, Computação, Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (C4ISR). “O mercado da Ásia Pacífico tem enorme potencial e nós oferecemos um grande número de soluções sob medida para as necessidades de cada cliente”, afirma Geraldo Gomes, Diretor de Marketing e Vendas Internacionais da Embraer Defesa e Segurança. Três desses programas merecem destaque especial:

- EMB 314 Super Tucano
O Super Tucano é um turboélice de treinamento avançado e ataque leve atualmente empregado por cinco forças aéreas na América Latina. Em 2012, a Indonésia se tornará o primeiro operador do Super Tucano na região da Ásia Pacífico. Três nações africanas também já adquiriram o avião. Em dezembro de 2011, o modelo foi selecionado pela Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) para o programa LAS (Light Air Support), que prevê uma encomenda inicial de 20 aeronaves. Em operação há mais de sete anos, o Super Tucano acumula um excelente desempenho operacional: mais de 130 mil horas de vôo e 18 mil horas de combate. Projetado para operar em ambientes inóspitos, em condições rigorosas, com pouca infraestrutura de apoio, o Super Tucano é capaz de realizar missões de contra-insurgência, reconhecimento e apoio a tropas terrestres, oferecendo mais de 130 configurações de armamento comprovadas e operacionais. Até o momento, o Super Tucano tem 182 encomendas firmes e 156 aeronaves entregues.

- EMB 145 AEW&C
Em dezembro de 2011, a Embraer Defesa e Segurança realizou o vôo inaugural do primeiro EMB 145 AEW&C para o governo da Índia, que encomendou três aviões e tem opções para outros seis e será, ainda este ano, o primeiro operador do modelo na Ásia Pacífico. O jato de alerta aéreo antecipado e controle é um dos integrantes da família ISR de aeronaves de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento da Embraer Defesa e Segurança, derivada da plataforma do jato regional ERJ 145, um dos mais bem-sucedidos do mundo, com mais de 1.100 aeronaves entregues e 19 milhões de horas de vôo acumuladas. Quinze EMB 145 AEW&C já foram entregues a três forças aéreas no mundo. A Força Aérea Brasileira (FAB) opera oito delas no Sistema de Vigilância da Amazônia (SIVAM). Outras três aeronaves estão em serviço no México, com a Secretaria de Defesa Nacional (SEDENA). A Força Aérea da Grega tem quatro unidades que operam junto à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). As aeronaves EMB 145 AEW&C são versáteis, confiáveis e financeiramente acessíveis para missões ISR, mesclando perfeitamente eficiência e economia. Sua principal missão é detectar, rastrear e identificar alvos dentro da área de patrulhamento e transmitir essas informações para forças amigas, de modo a fornecer-lhes uma precisa e ampla visão do teatro de operações. O EMB 145 AEW&C também tem capacidade para monitorar o espaço aéreo, controlar o posicionamento de caças em missões de interceptação, inteligência de sinais (SIGINT) e vigilância marítima, de fronteiras e de Zonas Econômicas Exclusivas (ZEE).

- Modernização de aeronaves
A Embraer Defesa e Segurança tem contratos com as Forças Armadas Brasileiras, a Força Aérea Portuguesa e a Força Aérea da Colômbia para a modernização de aeronaves. O programa A-1M da FAB prevê a revitalização e modernização de 43 caças subsônicos AMX. Dez deles já estão nas instalações da Embraer, para início das atividades. As entregas começam em 2013. O programa F-5M da FAB abrange um total de 46 caças F-5 e as últimas cinco unidades modernizadas foram entregues em 2011, encerrando as entregas deste contrato. Também no ano passado, a Empresa assinou um novo contrato para a modernização de 11 caças F-5 adicionais, além do fornecimento de mais um simulador de vôo dessa aeronave. O início das entregas deste segundo grupo de caças modernizados está previsto para 2013. Os caças F-5E (monoposto) e F-5F (biposto) foram incorporados pela FAB a partir da década de 1970. O programa de modernização inclui sistema de guerra eletrônica de última geração, novos aviônicos, sistema de reabastecimento em vôo e maior capacidade operacional, estendendo a vida útil da aeronave por mais 15 anos. Outro programa em vigência é a modernização de 12 aeronaves AF-1 (A-4 Skyhawk) para a Marinha do Brasil. Além disso, a OGMA, empresa controlada pela Embraer em Portugal, executa a modernização de caças F-16A (monoposto) e F-16B (biposto) para a Força Aérea Portuguesa. O contrato de modernização de 14 aeronaves de treinamento EMB 312 Tucano da Força Aérea Colombiana (FAC) compreende a instalação de aviônica digital de última geração e a substituição das asas e dos trens de pouso. Países da América Latina e da África já demonstraram interesse e receberam informações preliminares sobre esta modernização.


Sobre a Embraer Defesa e Segurança

A Embraer Defesa e Segurança é uma unidade de negócios da Embraer S.A. e conta com mais de 40 anos de experiência. Com presença crescente no mercado global, cumpre papel estratégico no sistema de defesa do Brasil, fornecendo mais de 70% da frota da Força Aérea Brasileira (FAB). Os aviões e as soluções militares da Embraer estão presentes em 48 países, servindo a mais de 50 forças armadas. A linha de produtos da Embraer Defesa e Segurança inclui o Super Tucano, turboélice de treinamento avançado e ataque leve; a família de jatos de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR), baseada na bem-sucedida e comprovada plataforma do jato regional ERJ 145; jatos comerciais e executivos customizados para o transporte de autoridades governamentais; o jato de transporte militar e reabastecimento KC-390, atualmente em  desenvolvimento; modernização de aviões para as forças armadas; soluções logísticas integradas para clientes; e o TOSS (Training and Operation Support System), avançado sistema de treinamento e suporte à operação.