29 de Dezembro, 2011 - 09:25 ( Brasília )

Defesa

CMA apresenta nova tecnologia de monitoramento de operações

O novo equipamento está instalado no Centro de Operações do comando, o qual passou por uma reforma no mês de dezembro

ANA CAROLINA BARBOSA - A Crítica

O Comando Militar da Amazônia (CMA) apresentará, hoje (29/12), a partir das 9h, uma sala equipada especialmente para receber a segunda versão do software “C2 em Combate”, tecnologia desenvolvida pelo Exército Brasileiro em Brasília (DF) e que já vinha sendo utilizada na região em sua versão anterior para monitorar operações na selva. Agora, ela ganha uma nova roupagem, a qual vem acompanhada de hardware e telões interativos. As informações são do tenente-coronel José Rubens Marques, oficial de comunicação social do CMA.

De acordo com ele, o equipamento está instalado no Centro de Operações do comando, o qual passou por uma reforma no mês de dezembro. Ele permite, em tempo real, acompanhar as operações desenvolvidas pelos militares em campo, inclusive o posicionamento e deslocamento de tropas. O “C2 em Combate” consiste em uma rede de computadores com sensores e câmeras para videoconferência ao vivo, capaz de receber dados em tempo real, mesmo em formato criptografado.

A primeira versão passou a ser utilizada na Amazônia há cinco anos, aproximadamente. “Trata-se de um sistema georreferenciado. “Junto à tropa temos observadores (militares) que vão alimentando o sistema”, disse o tenente-coronel, lembrando que para isso, é necessária uma rede de internet à disposição. Em locais onde não há internet, o sinal utilizado pé via satélite. “Dependemos da passagem do satélite pelo local, mas geralmente conseguimos o sinal”, frisou.

A tecnologia já foi utilizada, por exemplo, na operação “Ágata 2”, deflagrada este ano. Para garantir a segurança do sistema, apenas pessoas cadastradas. Além disso, a rede possui um Plano de Segurança para evitar a invasão do banco de dados. O plano inclui uma parte ativa (firewall) e passiva (criptografia), capaz de realizar mudanças na rede caso seja interceptada.

C2 em Combate

É um software de comando e controle que destina-se à condução de operações militares;

Possibilita a integração das informações dos Sistemas Operacionais de Combate: Manobra, Inteligência, Apoio de Fogo, Comando e Controle, Defesa Antiaérea, Logística e Mobilidade, Contramobilidade e Proteção;

É a principal ferramenta de software para apoiar o Sistema de Comando e Controle da Força Terrestre (SC2FTer);

É uma ferramenta de apoio à decisão;

Automatiza o ciclo de comando e controle em operações, independente de arma ou escalão;

É empregado prioritariamente nos centros de comando e controle e postos de comando.