15 de Dezembro, 2011 - 19:00 ( Brasília )

Defesa

THALES - Aumenta Capital na DCNS e Negocia com a NEXTER


 
Em uma reunião do Board da THALES, realizada em 15 de Dezembro de 2011, duas decisões estratégicas foram anunciadas.

1 - Exercer a opção de aumentar o capital na DCNS para 35%.  A THALES tinha uma opção desde que adquiriu 25% da  DCNS em  2007.
2- O início de negociações com a NEXTER (ex-GIAT) para a união dos negócios de munições das duas empresas. As negociações podem levar a uma participação da THALES na NEXTER

DCNS

A  decisão de aumentar a participação na DCNS formaliza a maior colaboração entre as duas empresas iniciadas em  2007. A exitosa colaboração THALES e DCNS, tanto na França como nos mercados de exportação, é uma importante aliança estratégica no campo da industria naval na Europa, baseado no acordo de 2007, dará direitos adicionais para a THALES no comit~e de governança da DCNS.

A DCNS é a empresa contratada pela Marinha do Brasil para a transferência de tecnologia de submarinos e a construção de 4 submarinos Classe Scorpène, dentro do Programa de Submarinos (PROSUB)
NEXTER
 
A THALES e a  NEXTER iniciaram discussões  para unificar seus negócio de munições com a THALES  assumindo uma posição minoritária no capital da NEXTER Systems

A negociação reforçará a posição do Nexter Group dentro da Indústria de defesa da Europa.

O  projeto unificaria  os negócios de munições da NEXTER e THALES: NEXTER Munitions e TDA Armements,.Associado a isto a THALES assumiria uma parte do capital da NEXTER Systems e.

Este projeto está dentro da tendência de consolidação  da indústria de defesa da Europa, beneficiando-se ambos de melhor competitividade e  garantia de emprego.

O objetivo é de reforça a posição da  NEXTER como um “player” mundial no campo de munições , oferecendo aos seus clientes uma ampla gama de produtos e novas oportunidades de negócios.

Embora preserve a independência da  NEXTER Systems, a participação da  THALES no seu capital reforçará a cooperação entre as duas companhias, especialmente em novos campos tecnológicos e comerciais.

É possível que a THALES e a NEXTER estendam a colaboração além das atuais negociações no campo de munições. O Mercado de veículos blindados atualmente com grande domínio da GDELS (General Dynamics European Land Systems), da  alemã KMW e a italiana IVECO Defence.

A THALES já desenvolve veículos blindados na Austrália. A NEXTER produz atualmente o VBCI (8x8) para o exército francês, desenvolveu e produziu o Carro de Combate LeClerc.