07 de Dezembro, 2011 - 09:25 ( Brasília )

Defesa

ÁGATA 3 - "Nós vamos continuar com essas operações”, diz Vice-Presidente


Acompanhado pelo Ministro da Defesa, o Vice-Presidente da República, Michel Temer, visitou hoje (6/12) a base de desdobramento da Força Aérea Brasileira em Vilhena (RO) e disse estar satisfeito com os resultados da Operação Ágata 3. "Nós vamos continuar com essas operações. Isso já inibiu sensivelmente a criminalidade nas fronteiras e essa continuação diminuirá ainda mais", afirmou.

A visita de coordenação passou por Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia. Em Vilhena, a comitiva foi recebida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente Brigadeiro Juniti Saito, e pelo Brigadeiro Luiz Fernando de Aguiar, que comanda a parte aérea da Ágata 3. O Vice-Presidente e o Ministro conheceram os aviões e helicópteros utilizados pela FAB na Operação. Eles também voaram até Costa Marques (RO) a bordo de um cargueiro militar C-105 Amazonas, aeronave que opera na região.

O Ministro da Defesa, Celso Amorim, destacou o aparato tecnológico utilizado pela FAB e o entrosamento entre as Forças Armadas e as demais agências que participam das Operações Ágata, como o Ibama, Receita Federal, Funai e órgãos de segurança pública. Para o Ministro, a cada edição da Ágata há um crescimento da capacidade de combater os atos ilícitos na região de fronteira. "Se aprende de uma para outra. Algumas coisas são corrigidas, são aprimoradas", explicou.

Ágata 3 foi iniciada no dia 22 de novembro e tem como área de operações a região de fronteira do Brasil com o Peru, a Bolívia e parte do Paraguai. Em agosto, a Ágata 1 aconteceu na fronteira com a Colômbia e em setembro a Ágata 2 ocorreu nos limites com o Uruguai, a Argentina e o Paraguai. O objetivo dessas operações é combater atos ilícitos típicos das áreas fronteiriças, como o narcotráfico, contrabando e crimes ambientais.

Fonte: Agência Força Aérea