13 de Outubro, 2016 - 09:30 ( Brasília )

Defesa

Jungmann participa de reuniões bilaterais com ministros da Defesa de Portugal e da Guatemala


O ministro da Defesa, Raul Jungmann, que se encontra em Trinidad e Tobago para a XII Conferência dos Ministros de Defesa das Américas (CMDA), cuja abertura oficial ocorre nesta terça-feira (11), às 9h (10h pelo horário oficial de Brasília), participou de dois encontros bilaterais. O primeiro deles foi com o ministro da Defesa de Portugal, José Alberto de Azeredo Ferreira Lopes.

Após ampla troca de visões estratégicas sobre os atuais desdobramentos em termos de segurança da Europa e da América do Sul, o ministro Ferreira Lopes elogiou a parceria estabelecida em Portugal pela Embraer com o estabelecimento da OGMA e o desenvolvimento conjunto do KC 390.

O ministro português sugeriu que novas parcerias entre os dois países podem ser estabelecidas a partir do maior conhecimento mútuo entre Brasil e Portugal.

Por sua vez, o ministro Jungmann sugeriu que se estabeleça o Diálogo de Indústria de Defesa Brasil-Portugal. Neste caso, o primeiro encontro poderia ocorrer em território português, no primeiro trimestre de 2017.

A segunda reunião bilateral foi com o ministro da Defesa da Guatemala, general F. Mansilla. Na conversa, o general agradeceu ao ministro Jungmann a excelente cooperação recebida do Exército Brasileiro.

A Força Terrestre tem enviado instrutores à Guatemala para cursos nas escolas oficiais. Ele solicitou a ampliação do convênio, com a participação de instrutores da Marinha e da Aeronáutica. O ministro Jungmann concordou com a ampliação desta cooperação.

Ainda no encontro, o general Mansilla pediu que seja retomada a negociação de contrato de compra de aeronaves A 29 Super Tucano. Ficou acertado que, nos próximos meses, uma delegação composta por oficiais da Aeronáutica da Guatemala visitará a Embraer Defesa e Segurança, em Gavião Peixoto (SP).

Conferência

O ministro Raul Jungmann chegou ontem a Port of Spain, capital de Trinidad e Tobago, para a XII Conferência dos Ministros da Defesa das Américas. Nas primeiras horas naquele país, Jungmann recebeu colegas do Chile, Canadá, Portugal e Guatemala. Um dos objetivos é ampliar o debate sobre defesa nacional e indústria de defesa.

Os ministros tentam elaborar a Declaração de Porto de Espanha, prevista para ser divulgada oficialmente amanhã (12), no encerramento da conferência. Hoje, após a abertura da XII CDMA, acontecerá uma plenária na qual os ministros terão oportunidade de se pronunciarem sobre os mais diversos temas.