09 de Dezembro, 2015 - 11:30 ( Brasília )

Defesa

Ministro da Defesa e embaixadores árabes intensificam diálogo no setor de Defesa


O diálogo em torno da cooperação Brasil-países árabes na área da Defesa avançou, nesta terça-feira (08), com mais um encontro entre o ministro Aldo Rebelo e os embaixadores dessas nações no Brasil. Representantes dos países deverão debater temas envolvendo produtos de Defesa, preparação e treinamento no setor científico e internacional e intercâmbio na área de educação e doutrina, entre outras questões, em seminário a ser realizado na segunda quinzena de março, em São Paulo.

A data do seminário foi sugerida durante encontro do ministro com os embaixadores. A reunião foi também uma oportunidade do ministro Aldo Rebelo retribuir a homenagem que recebeu de todos os embaixadores árabes no Brasil, no mês passado. Ele afirmou que a presença de todos era uma demonstração do "fortalecimento de nossa amizade".

A convite do ministro, os embaixadores deverão visitar, no dia 12 de fevereiro, em Mato Grosso do Sul, o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron). O programa de proteção dos cerca de 17 mil quilômetros de fronteira terrestre do País prevê a instalação de estruturas militares e civis, voltadas, além da defesa e da segurança, para o desenvolvimento econômico e social na região.

Um rápido resumo dos projetos estratégicos da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira foi mostrado em vídeo aos embaixadores, como o gerenciamento da Amazônia Azul, a defesa cibernética, imagens de aeronaves e a defesa antiaérea brasileiras. O embaixador de Omã, Khalid Salim Al Jaradi, observou a presença da indústria nacional na área militar. “É um exemplo que deve ser seguido”, afirmou.

O embaixador da Palestina e presidente do Conselho de Embaixadores Árabes no Brasil, Ibrahim Alzeben, afirmou que o convite do ministro para o encontro de ontem, seguido de jantar, significava a reafirmação das excelentes relações entre o Brasil e mundo árabe. Após o jantar, Aldo Rebelo presenteou os embaixadores com uma camisa do Palmeiras com os seus respectivos nomes grafados. “O clube brasileiro tem uma cor presente em quase todas as bandeiras dos países árabes”, ressaltou o ministro.

Participaram do encontro , no Ministério da Defesa, todos os embaixadores dos países árabes no Brasil: Palestina, Omã, Catar, Líbano, Marrocos, Tunísia, Iraque, Kuaite, Jordânia, Líbia, Mauritânia, Argélia, Emirados Árabes, Egito e Sudão, além do encarregado de negócios da Arábia Saudita e do embaixador da Liga dos Estados Árabes no Brasil e representantes da Fearab, da Liga Árabe e da Câmara de Comércio Árabe. O subsecretário-geral de Política do Itamaraty, Fernando Abreu, e a diretora do Departamento do Oriente Médio do Itamaraty, Lígia Scherer, também estiveram presentes.