05 de Março, 2015 - 10:20 ( Brasília )

Defesa

Interoperabilidade: Marinha conhece atividades da Base Aérea de Canoas

Militares da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia acompanharam o trabalho de militares da companhia contraincêndio

Uma comitiva da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA), da Marinha do Brasil, esteve segunda-feira (02/03) na Base Aérea de Canoas (BACO), no Rio Grande do Sul. O objetivo foi conhecer as atividades da Companhia de Contraincêndio do Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial de Canoas (BINFAE-CO).

Liderado pelo Comandante da BAeNSPA, Capitão-de-Mar-e-Guerra Fábio Ângelo de Araújo, o grupo participou de um reconhecimento dos equipamentos utilizados para combate a incêndio e acompanhou a simulação de um acionamento emergencial de demonstração da prontidão operacional dos militares da Força Aérea Brasileira. 

Localizada na cidade de São Pedro da Aldeia, no Rio de Janeiro, a BAeNSPA é sede de esquadrões equipados com aviões AF-1 Skyhawk e helicópteros IH-6 Bell Jet Ranger, UH-12/13 Esquilo, AH-11 Lynx, UH-14 Super Puma, UH-15 Super Cougar e MH-16 Seahawk.

``Fortalecimento da interoperabilidade de nossas forças é crucial´´, diz ministro

O ministro da Defesa, Jaques Wagner, proferiu a aula magna do Curso Superior de Defesa (CSD) da Escola Superior de Guerra (ESG) nesta segunda-feira (02/03), no Rio de Janeiro (RJ). Ele apresentou aos alunos as diretrizes políticas da área, destacando a interoperabilidade entre as Forças Armadas e as iniciativas de modernização dos equipamentos militares do País. "O processo de fortalecimento da interoperabilidade de nossas forças é crucial para garantir seu emprego eficaz ”, ressaltou. Sobre a modernização tecnológica dos equipamentos, o ministro defendeu que os investimentos se inserem no marco de uma visão estratégica de permanente aprimoramento dos eixos de desenvolvimento social e econômico do país.

A aula magna foi realizada no auditório da Escola de Guerra Naval (EGN) e contou com a presença dos comandantes da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo Barcellar Leal Ferreira, e da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato. Representando o comandante do Exército estava o General Wellington Montezano.

O Curso Superior de Defesa da ESG completa 30 anos de existência em 2015. Nesta edição, o curso de pós-gradução, em nível scrictu sensu, será oferecido em parceira com a EGN, a Escola de  Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) e a Universidade da Força Aérea (UNIFA).

Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea tem nova chefia

O Coronel Aviador Ary Rodrigues Bertolino passou sexta-feira (27/02) o cargo de Chefe do Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA) ao Tenente-Coronel Aviador Luiz Roberto Barbosa Medeiros. A solenidade foi realizada no hangar do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), na área militar anexa ao aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro (RJ).

Nos últimos três anos, o Coronel Bertolino esteve à frente da missão de harmonizar o gerenciamento do fluxo de tráfego aéreo, do espaço aéreo e das demais atividades relacionadas à navegação aérea. Durante esse período ocorreram diversos eventos, como a Rio + 20, a Copa das Confederações de Futebol da FIFA, a Jornada Mundial da Juventude e a Copa do Mundo 2014.

O Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Tenente-Brigadeiro do Ar Rodrigues Filho, fez questão de enfatizar o perfil empreendedor e a liderança carismática do ex-chefe da unidade. "Chefiar o CGNA exige intensa dedicação para executar as tarefas do dia a dia e resolver os problemas extras que ocorrem em todas as regiões de nosso imenso país diariamente, fazendo com que o chefe fique constantemente envolvido na busca de soluções", ressaltou.

O novo comandante, Coronel Medeiros, era chefe da Divisão Operacional do CGNA e também já foi chefe da da Unidade de Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo do órgão. Com mais de 2.500 horas de voo, o militar foi empossado como membro do Comitê Brasileiro junto a International Air Transport Association (IATA) e representante do Departamento de Controle do Espaço Aéreo junto a International Civil Aviation Organization (ICAO), órgãos ligados a Nações Unidas para regulação da aviação internacional.