17 de Dezembro, 2014 - 15:00 ( Brasília )

Defesa

Em almoço com oficiais generais, presidenta Dilma destaca que defesa e desenvolvimento caminham juntos

o tradicional almoço de fim de ano com o ministro da Defesa e oficiais generais, a presidenta da República, Dilma Rousseff, destacou os investimentos feitos pelo Governo Federal no fortalecimento das Forças Armadas e os associou ao desenvolvimento do país

“No Brasil que estamos construindo, defesa, desenvolvimento e democracia se reforçam mutuamente”, disse Dilma Rousseff, em discurso proferido antes do almoço de confraternização com os militares, realizado no Clube da Aeronáutica, em Brasília (DF).

Em sua fala, a comandante-em-chefe das Forças Armadas salientou que “uma nova geração industrial de defesa está nascendo no Brasil”, com a criação das empresas estratégicas de defesa e de incentivos fiscais para o setor.

Mencionando diversas iniciativas para modernizar os meios operativos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica – como o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) e a aquisição dos caças suecos Gripen NG para a Força Aérea –, a presidenta ressaltou que essas ações “expressam o compromisso do Estado brasileiro com a defesa de sua soberania e o desenvolvimento nacional de uma indústria de defesa”.

Interoperabilidade

O ministro da Defesa, Celso Amorim, agradeceu a Dilma pela confiança depositada para conduzir “a complexa tarefa” de fazer com que as Forças Armadas atuem de forma integrada. Amorim também enalteceu a liderança “firme e equilibrada” da presidenta da República.

Primeiro a discursar, o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, também agradeceu o apoio de Dilma Rousseff às Forças Armadas e elogiou o trabalho realizado pelo Ministério da Defesa nos cinco grandes eventos internacionais sediados no Brasil: Jogos Mundiais Militares, Rio+20, Copa das Confederações, Jornada Mundial da Juventude e Copa do Mundo.

Cumprimentos no Palácio do Planalto

Mais cedo, pela manhã, em solenidade realizada no Palácio do Planalto, a presidenta recebeu os 117 oficiais-generais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica que alcançaram o generalato ao longo de 2014. Ao lado do ministro Amorim, a presidenta cumprimentou um a um, os generais e suas esposas.

Em seu discurso, Dilma ressaltou que o Governo Federal tem sido atento às necessidades das Forças. “Isso se reflete na modernização dos meios operativos dos três Comandos, bem como na valorização da carreira militar”, sentenciou.

A presidenta ainda destacou a Política e a Estratégia Nacional de Defesa como alicerces da autonomia nacional. “O Brasil tem um rumo certo para a proteção de sua soberania, tema que interessa a todos os setores da sociedade e orienta a ênfase que temos dado à política de defesa.”

E acrescentou que o país está mais seguro no mar, em terra e no ar. Dilma encerrou sua fala aos novos almirantes, generais e brigadeiros, desejando êxito nas novas missões. "O sucesso dos senhores é o sucesso do nosso país". Na Marinha do Brasil, 21 oficiais subiram ao posto de almirante. No Exército, 66 ascenderam a generais, enquanto na Força Aérea Brasileira (FAB) 30 oficiais foram promovidos a brigadeiro.