05 de Setembro, 2014 - 11:00 ( Brasília )

Defesa

Novos equipamentos da Defesa serão exibidos no desfile de 7 de setembro


O público poderá conferir novos e modernos equipamentos das Forças Armadas no desfile de 7 de setembro deste ano, que acontece na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), no próximo domingo. Durante a celebração, estarão expostas as viaturas lançadoras de foguetes Astros 2020 e o blindado Guarani. Além disso, a tradicional Esquadrilha da Fumaça vai colorir os céus da capital com sete Super Tucanos – aeronaves recém-incorporadas à Força Aérea Brasileira (FAB).

Serão quatro viaturas Astros 2020 (foto acima) na formatura deste domingo (7): duas da Marinha e duas do Exército. Trata-se de um sistema de apoio de fogo de longe alcance e com elevada precisão. A aquisição faz parte de projeto estratégico de modernização da Força Terrestre.

A novidade da Aeronáutica ficará por conta do aumento no número de aviões no desfile aéreo deste ano. Ao todo serão 47 aeronaves: Tucano, Super Tucano, Hércules e outras de transporte, reconhecimento e patrulha. Elas sobrevoarão a Esplanada ao longo do evento cívico-militar.

Um dos organizadores do desfile é o capitão-de-mar-e-guerra Walter Marinho de Carvalho Sobrinho, chefe da Sessão de Operações Complementares do Ministério da Defesa (MD). Ele conta que, no domingo, a Esquadrilha da Fumaça não irá realizar suas famosas acrobacias. “Os pilotos estão em adaptação com as novas aeronaves”, explicou. No entanto, os presentes serão agraciados com uma escrita nos céus ao final da formatura.

O desfile

Em 2014, são 4 mil o número de envolvidos com a festa em homenagem à Independência do Brasil – declarada por Dom Pedro I em 1822. Deste total, metade é o quantitativo que irá desfilar, entre militares, civis e alunos de escolas do Governo do Distrito Federal. São mais de 20 entidades e órgãos. A expectativa de público é de 30 mil pessoas.

Como nos anos anteriores, o percurso é de dois quilômetros, na via N1, sentido Palácio do Planalto-Rodoviária. O evento está previsto para iniciar às 9h e terá duração de 1h10. Vinte e dois mil lugares em arquibancadas espalhadas por todo o trajeto estarão à disposição de quem for prestigiar a comemoração.

Já conhecidos, alguns grupamentos estão confirmados e abrilhantarão novamente a solenidade da capital federal. Um deles é o dispositivo de ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), os famosos “pracinhas”. Para o capitão-de-mar-e-guerra Marinho, eles representam “o máximo de humano que um país pode ter. Defenderam a população brasileira e merecem todas as homenagens”.

Também terá a apresentação da pirâmide humana do Batalhão de Polícia do Exército. A instituição quebrou o recorde mundial dessa atividade com 47 homens sobre uma única motocicleta. Por fim, haverá formatura hipomóvel da Bateria Caiena, onde os militares entram a cavalo usando uniformes históricos.