18 de Abril, 2013 - 09:26 ( Brasília )

Defesa

Centro Conjunto de Operações de Paz promove curso para oficiais de dez países


Até o dia 26 de abril, oficiais de Estado-Maior de dez países, entre os quais o Brasil, participam de curso preparatório para missões de paz. O objetivo é familiarizá-los com os novos materiais de treinamento para este tipo de atividade.

Militares da Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Equador, Estados Unidos, Guatemala, Paraguai e Uruguai integram a turma. A iniciativa é promovida pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) e pela Organização das Nações Unidas (ONU), por meio do DPKO (Department of Peacekeeping Operations).

Desde segunda-feira, os alunos estão reunidos no Centro General Ernani Ayrosa, em Itaipava (RJ). No primeiro dia do curso, conheceram o cronograma de atividades e o planejamento e a execução dos treinamentos da ONU.

Ontem (16), o curso focou o ensino de técnicas de instrução e avaliação. Foram tratados, ainda, temas como estabelecimento e implementação dos mandatos de segurança da ONU e princípios fundamentais e funcionamento das missões de paz das Nações Unidas.

Esse é o primeiro curso realizado sobre o tema nas Américas. De acordo com o CCOPAB, a opção por realizá-lo no Brasil reflete o “excelente desempenho” do país em operações desta natureza, “sobretudo no Haiti e Líbano”. Participam também do evento integrantes da ONU das Filipinas, da França, do Nepal, do Paquistão e da Romênia.

Recentemente, a representante permanente dos Estados Unidos nas Nações Unidas, embaixadora Susan Rice, visitou o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil, localizado no Rio de Janeiro. Em seguida, esteve em Brasília (DF), onde se encontrou com o ministro da Defesa, Celso Amorim. Na ocasião, elogiou o trabalho feito pelo país nas missões de paz e manifestou o desejo de enviar oficiais norte-americanos para serem capacitados na instituição brasileira.

Sobre o CCOPAB

O Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil, Centro Sergio Vieira de Mello, foi criado em 1º de março de 2010 e tem como objetivo apoiar o preparo de militares, policiais e civis brasileiros e de nações amigas para missões de paz e desminagem humanitária. Essa preparação é realizada por integrantes da Marinha, do Exército e da Força Aérea, que desenvolvem estágios, treinamentos específicos e exercícios a fim de capacitar para missões estrangeiras.


Foto: CCOPAB
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)