COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Terrestre

12 de Outubro, 2019 - 12:12 ( Brasília )

Max, a Inteligência Artificial do Exército Brasileiro, recebe medalha e ganha novo avatar





Brasília (DF) – Após seis meses de intenso treinamento, o soldado Max, a Inteligência Artificial do Exército Brasileiro, supera as principais metas qualitativas e quantitativas planejadas para o ano de 2019.

Desde sua incorporação, em março deste ano, o planejamento do Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx) estimava que, ao fim do ano, o chatbot estaria operacional em uma plataforma de troca de mensagens e que o número de mensagens trocadas com os usuários chegaria a 80 mil. O sucesso do soldado Max, medido pela assertividade e amplitude contextual, apresentou um constante e surpreendente índice de aprimoramento durante o “adestramento”.

Entre as melhorias, a taxa de erros foi reduzida de 50% para 25% e o contexto foi ampliado de 100 para mais de 200 situações. Além disso, desde que recebeu a boina, o Max passou a operar em duas plataformas diferentes, o Messenger e o Telegram.

Outra métrica superada foi o número de conversas com os usuários. Mostrando que foi bem formado durante as fases de “Instrução Individual Básica” e “Instrução Individual de Qualificação”, o Max alcançou, em outubro, a marca de 100 mil mensagens. Coincidência ou não, esse número foi atingido somente após a conclusão, com mérito, do “Curso de Formação de Cabos”.

Ao superar o planejamento de operar em apenas um aplicativo e atingir a expressiva marca de 100 mil interações, nosso bravo soldado virtual foi condecorado com a Medalha de Praça mais Distinta do Sistema de Comunicação Social do Exército e recebeu um novo avatar, que representa, graficamente, a evolução alcançada pela plataforma.


VEJA MAIS