COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Tecnologia

25 de Março, 2018 - 15:45 ( Brasília )

US Army Cyber Institute lança Série de Ficção em Quadrinhos



O US Army Cyber Institute lançou uma série de estórias em quadrinhos de Ficção Científica para interagir com os militares sobre as futuras ameaças
 
Chamada de “Operation Dark Hammer”, ou “Martelo Escuro” uma série de historietas usando a arte dos quadrinhos (comics) foi lançada e está disponibilizada pelo Army Cyber Institute, de West Point.
 
Cada estória mostra os desafios a serem enfrentados pelos soldados  pela Guerra Cibernética.
 
Como a tecnologia continua a reforçar os adversários e competidores os Americanos trabalham em identificar as suas vulnerabilidades.
 
As quatro primeiras estórias de Ficção Científica lançadas têm o objetivo de inspirar o conhecimento e diálogo sobre as ameaças futuras.
 
Considerado como um trabalho preliminar eles não tratam de eventos reais, mas sim tentam projetar o futuro, baseados em tendências, tecnologias, economia e mudança cultural e de comportamento.
 
A inspiração para cada estória vem do grupo de pesquisa  “Threatcasting”, um esforço conjunto do Army Cyber Institute (ACI) e a Arizona State University. Após identificar os meios específicos que a tecnologia pode ser usada para atacar militares e civis, o grupo de pesquisa do ACI reúne-se com os militares com os militares para discutir as tendências da tecnologia atual e seus impactos nas operações militares.
 
Baseado nestas pesquisas o ACI indicou um grupo de escritores e ilustradores para produzir a Série.
 
Quatro títulos foram lançados na série “Operation Dark Hammer”:
 
1 – “Dark Hammer” Mostra como depender de um único sistema digital pode levar ao caos;
 
2 “11.25.27” Trata de uma cadeia logística totalmente automatizada e seus pontos fracos que levam ao caos;
 
3 - “Silent Ruin” Retrata o resultado desastroso de uma desconhecida vulnerabilidade. (Nota - Este pode ser acessado via Scribd nesta página), e,
 
4 -“Engineering a Traitor” o comportamento de um brilhante militar que o torna suscetível de ser cooptado por hackers.
 
O Army Cyber Institute at West Point é o “think Thank” do U.S. Army priorizando as pesquisas no campo Cibernético. Assim permite ao US Army melhor compreender o Conflito Cibernético e prevenir uma surpresa estratégica. O ACI desenvolve Parcerias Público Privada (PPP) em pesquisas de interesse mútuo das entidades. Assim o US Army pode se preparar para melhor prevenir e preparar-se para o Cyberware futuro.
 
Outros estudos podem ser acessados no Portal do Army Cyber Institute:

US Army Cyber Institute Link



 

Silent Ruin - Army Cyber Institute by nelson during on Scribd









Matérias Relacionadas

DefesaNet recomenda também a leitura de matérias da Cobertrura Especial Guerra Híbrida e Guerra Informaciona (ver banners abaixo)

Tambéma matéria

Antonio Dias – José Alves: Conceito “Liquid EW for Liquid Wars” DefesaNet Link


 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 20 ABR, 12:10

MAIS LIDAS

Cyberwar