COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Terrestre

08 de Novembro, 2016 - 10:05 ( Brasília )

CCOMGEX discute Comunicações, Guerra Eletrônica e Guerra Cibernética em 2022


Na semana de 24 a 27 de outubro, ocorreu, no Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX), a Jornada de Trabalho, cujo tema foi “As Comunicações, a Guerra Eletrônica e a Guerra Cibernética em 2022”.

As atividades tiveram início com a Reunião de Planejamento Estratégico, envolvendo todos os comandantes de organizações militares de Comunicações do Exército, ocorrida entre os dias 24 e 25 de outubro. Nesse período, foi realizado um trabalho conjunto, considerando as áreas de capacitação, equipamentos, organização, logística e emprego operacional. Ao término dos debates, foram elencadas estratégias e diretrizes, tomando-se como base o horizonte temporal de 2022 – ano do Bicentenário da Independência.

Na segunda fase, houve a Jornada de Trabalho propriamente dita, entre 26 e 27 de outubro, nas instalações do Centro de Instrução de Guerra Eletrônica (CIGE), contando com a participação de instituições de ensino, indústrias e empresas nacionais e internacionais. A abertura oficial foi realizada pelo Vice-Chefe de Material do Departamento de Ciência e Tecnologia, General de Divisão Álvaro Gonçalves Wanderley. Dentre os palestrantes, figuraram o Comandante de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército, General de Brigada Luiz Cláudio Gomes Gonçalves, e o Professor-Doutor Luciano Mendes, no Instituto Nacional de Telecomunicações. Logo em seguida, os participantes foram distribuídos nas três salas temáticas (Comunicações, Guerra Eletrônica e Guerra Cibernética), onde ocorreram as discussões dirigidas.

O término da Jornada ocorreu em 27 de outubro, com a apresentação dos relatórios. Nesse contexto, discorreu-se acerca dos desafios e das oportunidades para a construção do cenário desejado em 2022. Em seguida, o 2º Subchefe do Estado-Maior do Exército, General de Divisão Márcio Roland Heise, realizou o encerramento oficial do evento.