COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Terrestre

24 de Outubro, 2016 - 10:30 ( Brasília )

Equipe Brasileira vence Primeiras Ciber Olimpíadas Militares das Américas


Nos dias 12 e 13 de outubro, uma equipe de Defesa Cibernética Conjunta do Brasil, formada por militares do Exército Brasileiro da Força Aérea Brasileira, sagrou-se campeã das Primeiras Ciber Olimpíadas Militares das Américas, realizada em Bogotá, na Colômbia.

O Evento foi organizado pelo Comando Conjunto de Operações Cibernéticas, do Comando-Geral das Forças Militares da Colômbia, e ocorreu após uma fase preliminar, na qual equipes das Forças Armadas da Argentina, do Brasil, da Colômbia, de El Salvador, do Equador, dos Estados Unidos da América e do Paraguai obtiveram classificação.

O evento foi embasado em um cenário composto por múltiplos desafios realistas, de alto nível de complexidade, inclusive com as equipes se enfrentando em um ataque cibernético em tempo real.

Nessas Olimpíadas, foram explorados os conhecimentos nas áreas de atuação voltadas para Criptografia, Exploração de Sistemas, Forense Computacional, Análise de Malware, Engenharia Reversa, Esteganografia, Segurança em Aplicações Web, Sistema Scada, dentre outras.

Cabe ressaltar, que a atividade fomentou a troca de experiências e projetou as Forças Armadas do Brasil na área da Defesa Cibernética.

Feira de Ciências no CMR integra atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Em 11 de outubro, ocorreu, no Colégio Militar do Recife (CMR), a Feira de Ciências de 2016, que, neste ano, integrou as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Por ser o Colégio um polo de divulgação científica da SNCT em Pernambuco desde 2012, o estabelecimento de ensino vem realizando atividades relacionadas à Ciência e Tecnologia para públicos internos e externos.
 

Além do tema central da SNCT 2016, “Ciência alimentando o Brasil”, tema único para os trabalhos do 9° ano, foram apresentados trabalhos sobre outros assuntos, como “Meio Ambiente”, para o 2° ano do Ensino Médio; e “Ciência e Tecnologia”, para o 1° ano também do Ensino Médio. Tudo isso aproveitando o voluntariado dos alunos e a tomada de decisão deles para se apresentarem nesse evento de tão alto vulto no cotidiano escolar.

Cerca de 80 trabalhos científicos foram expostos pelos estudantes durante a Feira, que também contou com a apresentação do Coral do Colégio em um momento cultural. Todas as áreas do conhecimento foram representadas sob as mais diversas perspectivas, sejam interdisciplinares ou multidisciplinares.

Durante o evento, destacou-se, ainda, a exposição da pesquisa “A utilização de material reciclável na fabricação de blocos construtivos”, trabalho apresentado por estudantes do 2° ano do Ensino Médio que representou o CMR no último Desafio Global do Conhecimento, realizado neste ano pela Diretoria de Ensino Preparatório e Assistencial.

A Feira de Ciência do CMR foi prestigiada por toda a comunidade escolar e contou com a presença de parceiros, como a Escola Nancy Amazonas, de Itapissuma, e o Grupo Escoteiro Chico Science, de Recife.