COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Tecnologia

30 de Junho, 2016 - 09:00 ( Brasília )

Cisco e Thales assinam acordo inédito de colaboração em segurança cibernética


Cisco, líder mundial em tecnologias de TI e detentora de uma compreensão única das ameaças virtuais, graças às suas capacidades inigualáveis ??em análise e redes; e Thales, líder europeu em segurança cibernética e líder global em proteção de dados, anunciaram hoje a assinatura de um acordo de colaboração estratégica.

À medida em países e empresas entram na era digital, a segurança é uma das principais prioridades. Cisco e Thales desenvolverão conjuntamente uma solução inovadora de segurança cibernética para melhor detectar e contra-atacar ameaças cibernéticas em tempo real. Esta nova solução é baseada na complementaridade das suas tecnologias e na união de seus conhecimentos.

Para atender aos novos requisitos críticos de TI e de proteção de dados, Cisco e Thales passam a oferecer uma solução conjunta e integrada, que incorpora todas as informações relevantes sobre as ameaças que emanam dos sistemas de TI - de redes a computadores. Esta solução oferece aos clientes uma visibilidade global e controle otimizado de sua segurança de TI, desde a prevenção de ataques até  sua neutralização.
 
Este projeto de desenvolvimento conjunto, inédito no campo da segurança cibernética, será criado na França e operará em uma abordagem de inovação aberta, através da atração de startups. A solução conjunta, que se destina inicialmente aos provedores franceses de infraestruturas críticas, poderá ganhar uma implantação em todo o mundo.

De acordo com Robert Vassoyan, Presidente da Cisco França, “A confiança na tecnologia digital é um fator crucial para a transformação digital da França, razão pela qual a segurança cibernética está no centro da estratégia de desenvolvimento da Cisco. A nossa colaboração com a Thales cria, assim, um novo marco no qual o nosso conhecimento tecnológico anda de mãos dadas com a excelência industrial global da Thales. Estou muito contente em ver a nossa cooperação oferecer hoje uma resposta aos desafios econômicos decorrentes da inovação”.
 
Já Jean-Michel Lagarde, Gerente Geral Adjunto de Comunicações Seguras e Sistemas de Informação da Thales, disse que “Face ao crescimento exponencial do número de ataques cibernéticos e de sua variedade (+38% globalmente e +51% na França, de acordo com a PWC), precisamos ser capazes de conhecer melhor a ameaça para prevermos os ataques e detectá-los em tempo real, a fim de limitarmos os seus efeitos devastadores. Nos próximos meses, esta cooperação entre a Thales e a Cisco oferecerá uma nova solução global capaz de responder a este desafio. Graças à natureza complementar dos nossos respectivos campos de atuação, nossos clientes poderão se beneficiar da aliança das tecnologias mais eficazes nesse domínio”.

Embora a aceleração da transformação digital seja impulsionada por grandes inovações em tecnologias revolucionárias como big data e computação em nuvem, esta precisa ao mesmo tempo lidar com uma onda cada vez mais diversificada, orientada e sofisticada de ataques de TI. A segurança cibernética é uma prioridade absoluta para todos os players das áreas econômica e governamental.
 
Trata-se também de uma questão econômica ligada à inovação e à transformação digital. Estudos realizados pela Cisco mostram que as empresas que incorporam a segurança cibernética como um elemento fundamental de sua estratégia digital são as que estão melhor posicionadas para colher os frutos das novas oportunidades de crescimento e inovação fornecidas pela tecnologia digital e, portanto, se beneficiarão de uma substancial vantagem competitiva em seus mercados. Quase um terço das empresas, portanto, consideram a segurança cibernética em primeiro lugar como o acelerador de sua estratégia digital.

Esta transformação digital incentiva as organizações a definirem ou redefinirem a sua política de segurança cibernética. A Thales fornece suporte aos seus clientes com a sua abordagem crítica da segurança dos sistemas de TI, da análise de riscos à manutenção das condições de segurança cibernética, bem como desenvolvendo as estratégias de previsão e defesa.



Outras coberturas especiais


Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

Última atualização 21 AGO, 13:45

MAIS LIDAS

Cyberwar