COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Defesa

06 de Setembro, 2014 - 12:10 ( Brasília )

Perfis do ministro Celso Amorin em redes sociais - Nota de esclarecimento do MD


Ricardo Fan

O MD esclareceu em nota publicada nesta sexta-feira (05/09) que o ministro da Defesa Celso Amorim  não possui páginas pessoais nas redes sociais: Facebook, Twitter, FlickR, Youtube, Google+, Tumblir etc.,

De acordo com o ministro alguém estaria se passando por ele na internet, um perfil "fake” (falso), e fazendo declarações polêmicas.

Cabe agora a aréa de inteligência do MD fazer uma investigação e todo o possível para procurar e  encontrar o responsável  do perfil "fake". E é possivel sim, localizar a partir de qual máquina (IP) possa ter partido tal ação e punir, punir duramente e exemplarmente.

E não ficar como no caso da jornalista Miriam Leitão, que já teve seu perfil na wikipedia modificado duas vezes  a partir de computadores do próprio governo - na primeira vez por um computador apartir do Palácio do Planalto e na segunda a mudança foi feita de um computador da rede do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

O ministro da Defesa, Celso Amorim, declarou segundo o jornal Correio do Estado, em setembro de 2012, na ocasião quando Governo Dilma Rousseff chancelou investimentos globais da ordem de R$ 11,4 bilhões em defesa cibernética, que: o termo “guerra” ainda é exagerado em se tratando dos chamados cibercrimes, entretanto, é inegável que a internet já é um cenário de ataques.

Por isso, segundo próprio Ministro, hoje há uma preocupação do País em proteger também suas fronteiras virtuais. A defesa cibernética é um dos sete projetos prioritários no âmbito do Exército.


Segue nota do MD publicada em 05/09/2012

O Ministério da Defesa vem a público esclarecer que o ministro Celso Amorim, titular desta pasta, não possui presença ativa ou mantém conteúdo em nenhuma rede social na internet. Qualquer mensagem publicada em páginas do Facebook, Twitter, FlickR, Youtube, Google+, Tumbler etc., que utilize o seu nome e/ou imagem sem autorização prévia, é falsa.

O uso não autorizado do nome do ministro pode gerar problemas de cunho político e pessoal, bem como ferir a imagem do Ministério da Defesa, cuja única presença digital se faz nos canais oficiais da pasta listados abaixo:

Facebook: https://www.facebook.com/ministeriodadefesa
Tweeter: https://twitter.com/DefesaGovBr
Youtube: https://www.youtube.com/user/VideosDefesa 

Assessoria de Comunicação
Ministério da Defesa
61 3312-4071



Outras coberturas especiais


Expansão Chinesa

Expansão Chinesa

Última atualização 21 AGO, 12:00

MAIS LIDAS

Cyberwar