COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Segurança

24 de Junho, 2011 - 11:49 ( Brasília )

Site da Otan é vítima de suposto ataque de hackers


A Otan informou nesta quinta-feira que um dos seus sites foi alvo de uma suposta invasão de hackers, mas que a página não continha dados sigilosos. Em nota, a aliança militar ocidental disse que seu site e-Bookshop, que tem acesso público e é operado por uma empresa terceirizada, está bloqueado.

A polícia especializada em crimes digitais foi notificada pela aliança sobre uma "provável violação de dados", disse a nota, sem dar detalhes."O e-Bookshop da Otan é um serviço à parte para o público, para a liberação de informações da Otan, e não contém nenhum dado sigiloso", disse a nota.

A aliança transformou a defesa contra hackers em uma prioridade, e a notícia do provável ataque ocorre depois de ministros da Defesa de seus 28 países aprovarem neste mês um plano de ação para a defesa cibernética.

Funcionários da Otan dizem que as medidas permanecerão em sigilo, mas revelaram que a intenção é colocar todos os órgãos e estruturas de comando da Otan sob uma proteção centralizada até 2012.

Um crescente número de invasões de redes digitais tem sido relatado por instituições e empresas nos últimos meses. Isso inclui o Fundo Monetário Internacional, a Lockheed Martin Corp., maior fornecedora de tecnologia da informação para o governo norte-americano, e as empresas Citigroup, Sony e Google.



Outras coberturas especiais


Pacífico

Pacífico

Última atualização 22 AGO, 11:40

MAIS LIDAS

Cyberwar