COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Terrestre

20 de Maio, 2014 - 18:50 ( Brasília )

CDCiber e Serpro assinam acordo de cooperação


O Exército Brasileiro, por meio do Centro de Defesa Cibernética (CDCiber), e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) assinaram nesta segunda-feira (19MAIO14)  acordo de cooperação para troca de conhecimento em tecnologia da informação.

O documento, firmado entre o chefe do CDCiber, general Paulo Sergio Melo de Carvalho, e o diretor-presidente do Serpro, Marcos Mazoni, prevê treinamento de pessoal e intercâmbio de conhecimento nas áreas de defesa cibernética e processamento de dados.

Para o general Carvalho, o acordo é um grande avanço. “Nós agora estamos oficializando a parceria que já acontecia informalmente. Isso vai facilitar a nossa capacitação de recursos humanos.”

Com relação à Copa do Mundo, o chefe do CDCiber explicou que o órgão está na fase final para as atividades do evento. “Recentemente, realizamos o último treinamento e a preparação dos destacamentos remotos de cibernética nas cidades-sedes”, contou.

Já o coordenador geral de Segurança da Informação do Serpro, Ulysses Alves Machado, disse que o órgão vai utilizar, caso seja preciso, toda a sua expertise para apoiar a Copa.

“Faremos algumas visitas ao Centro e o nosso próprio serviço de respostas a ataques estará à disposição.”

Após a assinatura do acordo, os dois dirigentes fizeram uma visita aos centros de Dados e de Comando do Serpro, onde receberam explicações sobre o monitoramento de informações.

No Centro de Comando são acompanhados cerca de 4.600 serviços de clientes do Serpro. A instituição foi responsável pela criação de importantes sistemas de informação da Administração Federal como CPF, Carteira Nacional de Habilitação, Renavam, Siafi, Imposto de Renda, entre outros.



Outras coberturas especiais


Pacífico

Pacífico

Última atualização 16 AGO, 11:35

MAIS LIDAS

Cyberwar