COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Tecnologia

10 de Junho, 2011 - 09:57 ( Brasília )

Cúpula de grupo de hackers "Anonymous" é desarticulada na Espanha


A polícia espanhola anunciou nesta sexta-feira a desarticulação da cúpula do grupo de hackers "Anonymous" na Espanha com a prisão de três de seus líderes, um dos quais tinha em sua casa um servidor com o qual coordenava e executava ataques informáticos a sites de todo o mundo. De sua casa, foram atacados os portais dos governos do Egito, Argélia, Líbia, Irã, Chile, Colômbia e Nova Zelândia, assim como os de empresas conhecidas, informou nesta sexta-feira o Ministério do Interior espanhol.

A organização de hackers se estrutura em células independentes que, no momento estipulado, lançam milhares de ataques de negação de serviço (DoS) para derrubar servidores, em algumas ocasiões através de computadores "zumbis" infectados no mundo todo. A Brigada de Investigação Tecnológica (BIT) da polícia espanhola vinha analisando desde outubro mais de dois milhões de linhas de registro de chats e sites utilizados pela organização de hackers, até encontrar e deter sua cúpula na Espanha, que tinha capacidade para tomar decisões e dirigir os ataques.

As detenções dos três líderes do "Anonymous" na Espanha aconteceram em Barcelona, Valência e Almería. Em seu perfil no Twitter, a polícia espanhola, que concederá nesta sexta-feira uma entrevista coletiva para detalhar a operação, revelou que o grupo perpetrou em 18 de maio um ataque informático contra a Junta Eleitoral Central espanhola. Também atacou os sites da Polícia da região da Catalunha (Mossos d'Esquadra) e do sindicato espanhol União Geral de Trabalhadores (UGT), assim como os portais da PlayStation e dos bancos BBVA e Bankia.