COBERTURA ESPECIAL - Cyberwar - Tecnologia

29 de Agosto, 2013 - 17:47 ( Brasília )

DISI - Dia Internacional de Segurança em Informática 2013


 O DISI 2013, o Dia Internacional de Segurança em Informática  será realizado em Brasília/DF, no próximo dia 30 de agosto. O evento ocorre desde 2005 pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), por meio do seu Centro Atendimento a Incidentes de Segurança (CAIS).

Realizado anualmente em uma capital brasileira, o DISI reúne especialistas no assunto para compartilhar seus conhecimentos e assim educar e conscientizar usuários de internet sobre segurança em ambientes informatizados. O público-alvo são usuários finais e a cada edição do evento a organização elege um tema para direcionar as atividades.

Neste ano, as discussões serão conduzidas com base no tema “Cibercrime: como não passar de vítima a vilão”

As palestras do evento são gratuitas, abertas ao público mediante inscrição e também serão transmitidas em tempo real através do site http://portal.rnp.br/web/disi2013/assista-ao-vivo   a partir das 09 da manhã no dia 30 de Agosto.

Haverá ainda tradução simultânea das apresentações para Espanhol e Inglês.

A programação completa do evento está disponível em:
http://disi.rnp.br/programacao-do-disi

A lista preliminar segue abaixo:
 
Dia Internacional de Segurança em Informática - DISI
30 de agosto de 2013
 
09h00 Abertura


09h30 Crime cibernético no Brasil e América Latina
Brasil e América Latina tem um ecossistema de crime cibernético um pouco diferente quando comparado a outras regiões. Nessa apresentação o palestrante falará sobre as possíveis razões dessa diferença, bem como apresentará sua visão dos crimes cibernéticos na América Latina desenvolvida por mais de três anos de trabalho dedicado a essa área.
Palestrante: Ronaldo Vasconcellos


10h20 Coffee-break 


10h40 Cibercrime: como se proteger dos casos mais comuns
Criminalidade informática abrange uma ampla gama de atividades. Podem ser divididos em duas categorias: os crimes em que os computadores ou a internet são o alvo e os crimes em que o alvo principal não depende da rede de computadores, mas são utilizados computadores / dispositivos móveis como forma de praticá-los.
Esta palestra faz uma análise dos casos mais comuns (pedofilia na rede, golpes bancários, invasão a conta bancária, calúnia/difamação digital) e mostra como o usuário final pode proceder e denunciar.
Palestrante: André Landim - CAIS/RNP


11h30 Os desafios para o combate ao cibercrime
A presente palestra tem como objetivo apresentar ao publico as dificuldades na aplicação da Lei nº 12.737/12 (“Lei Carolina Dieckmann”), bem como sugerir soluções para diminuir o impacto desse tipo de delito na sociedade.
Palestrante: Lincoln Werneck - Instituto Coaliza


12h40 Almoço 


14h20 Ameaças Cibernéticas, espionagem e outros assuntos emergentes: o papel da Polícia Federal na promoção da Segurança Cibernética do Brasil
A Polícia Federal, como Polícia Judiciária da União, possui atribuição de investigar os Crimes Cibernéticos cometidos contra a Administração Pública Federal e seus correlatos. Neste âmbito, compete ao Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos (SRCC/CGPFAZ/DICOR/DPF) esta tarefa. A apresentação trata deste papel da PF, em especial no tocante aos grandes eventos em acontecimento nestes últimos anos e as novas legislações de crimes cibernéticos que entraram em vigor recentemente. Será feito ainda um panorama sobre as ameaças e assuntos recentes.
Palestrante: Ivo Peixinho - Departamento de Polícia Federal


15h10 Segurança de cartões: modalidades de fraude e boas práticas para o portador
A palestra irá abordar o funcionamento do mercado de cartão de crédito e as diferentes entidades que trabalham em conjunto para que a transação ocorra. As modalidades de fraude mais comuns serão discutidas, bem como as principais ações que a indústria toma para minimizar as perdas. Finalmente, serão abordadas boas práticas para o portador (usuário) de cartão nunca ser prejudicado.
Palestrante: William Caprino - Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS)


16h00  Coffee-break


16h20  Cibercrime 2.0: Quanto Você Vale?
Seu endereço de e-mail, seus arquivos, seus dados: tudo isso tem um valor para o cibercrime. Serviços que antes eram exclusivamente acessados nos desktops e que hoje estão presentes "na nuvem" são cada vez mais comuns e indispensáveis para a vida de qualquer usuário conectado - eles guardam nossa vida digital, nossos dados pessoais, nossa intimidade virtual. Todos esses dados são de grande interesse para uma nova geração de cibercriminosos, que não querem só o dinheiro fácil, mas sim todos os dados e tudo o que puderem roubar de você. Sua informação pessoal nunca valeu tanto.
Palestrante:Fábio Assolini - Kaspersky Lab


17h10 Encerramento

 


Outras coberturas especiais


Especial DitaBranda

Especial DitaBranda

Última atualização 18 AGO, 14:30

MAIS LIDAS

Cyberwar