COBERTURA ESPECIAL - Crise - Geopolítica

18 de Março, 2020 - 12:00 ( Brasília )

EUA responsabiliza Rússia por morte de soldados turcos na Síria


Os Estados Unidos acusaram a Rússia pela primeira vez nesta terça-feira de ser responsável pela morte de dezenas de soldados turcos na Síria. Trinta e quatro militares turcos morreram no mês passado em um bombardeio na província síria de Idlib, no noroeste do país.

Ancara, que apoia os rebeldes sírios naquela região, acusou o regime de Damasco desse ataque e assinou um novo cessar-fogo com Moscou. O chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, acusou diretamente a Rússia, principal aliada do governo sírio de Bashar al-Assad em sua ofensiva contra os rebeldes, pelo que aconteceu.

"Achamos que a Rússia matou dezenas de soldados turcos durante a operação militar", disse Pompeo a repórteres em Washington, sem especificar a qual episódio ele estava se referindo.

"Apoiamos a Turquia, nossa aliada na OTAN, e estudamos medidas adicionais de apoio" ao país, acrescentou o secretário de Estado, que anunciou novas sanções contra altas autoridades sírias. Embora os observadores temam que a aviação síria possa atacar tropas turcas sozinhas, os Estados Unidos tentaram não acusar Moscou diretamente até terça-feira.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Especial Terror

Especial Terror

Última atualização 07 ABR, 13:10

MAIS LIDAS

Crise