COBERTURA ESPECIAL - Crise - Defesa

06 de Dezembro, 2015 - 20:00 ( Brasília )

Exclusivo – O soldado “X” e a paranóia de Brasília

Fatos reais e a paranoia de Brasília DF na vida política do país.

 


Nelson Düring
Editor-chefe DefesaNet


O que vamos relatar são fatos levantados por DefesaNet, as ilações e conclusões serão do leitor.

Em uma quarta-feira de Julho, 08JUL2015, um soldado, membro do Batalhão da Guarda Presidencial, que estava de serviço de guarda no Palácio Jaburu, residência oficial da vice-presidência da República, morreu baleado.

Imediatamente a imprensa e órgão militares fluíram ao Palácio Jaburu. O Comando Militar do Planalto (CMP), confirmou a morte.

Segundo nota do portal G1:

“O soldado fazia parte do Batalhão da Guarda Presidencial. O corpo foi encontrado próximo a uma guarita de segurança a cerca de 300 metros da entrada principal, voltada para o lado de fora do palácio. Em nota, o Comando Militar do Planalto informou que um inquérito policial militar foi aberto para apurar as causas e circunstâncias do disparo.

O nome do soldado não foi revelado. O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência e o comando militar afirmam que estão prestando apoio à família.

Por volta das 15h, dois carros da perícia da Polícia Federal chegaram à residência. Um homem que estava no local e se identificou como funcionário da Presidência, informou que a hipótese é de que os tiros tenham sido disparados às 9h30.”

Vários sítes mencionaram, que oficiais do Exército, em anonimato, indicavam que teria ocorrido um suicídio, antes de que uma versão de atentado ou outra prosperasse.

DefesaNet procurou por duas vezes junto ao Centro de Comunicação do Exército (CCOMSEx) detalhes sobre o Inquérito Policial Militar (IPM). As informações recebidas foram de que o IPM não tinha sido concluído.

Nossas investigações indicam que o rapaz, cujo nome o Exército não liberou até o momento, é filho de um membro da imprensa de Brasília DF.
 
O Impacto

O drama familiar da morte do jovem soldado teve um amplo e surdo impacto no mundo político de Brasília. Lembrem, no que falamos, o mais importante é a ilação do que o próprio fato.    

O Palácio Jaburu é ocupado desde 2011 pelo vice Michel Temer, que estava presidente em exercício naquela quarta. A presidente Dilma Rousseff estava na cidade de Ufá, na Rússia, onde participou da VII Cúpula dos BRICS.

Alí estão a sua jovem esposa Marcela Temer e seu jovem filho.

O resultado prático é que a no dia seguinte, no exercício da presidência, o VP Michel Temer visitou o Centro de Comando Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras(SISFRON), localizado em Dourados, MS.

Cabe ao Vice-presidente o acompanhamento do Plano Estratégico de Fronteiras (PEF), lançado em 2011.

Assim, o VP Michel Temer, mais o Comandante do Exército Gen Ex Eduardo Villas Boas, o Chefe do Estado-Maior Gen Ex Etchegoyen e mais uma ampla delegação de oficiais-generais desembarcaram no aeroporto de Dourado, MS.

Do Aeroporto dirigiram-se à sede da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. Na Brigada Guaicurus  foi recepcionado pelo comandante, General-de-Brigada Rui Matsuda.

Aqui surge a paranoia ambiental que paira sobre os atores de Brasília e afeta a todos os atores.

O VP Michel Temer circulou pelas instalações da 4ª Bda de Cavalaria Mecanizada acompanhado pelo Gen Bda Matsuda e um séquito de seguranças da Polícia Federal. Exemplo é a foto abaixo.


 

O VP Michel Temer e o Gen Bda Rui Matsuda rodeados por seguranças. Foto DefesaNet - Exclusiva


Como o Comandante do Exército aceitou este procedimento do VP Temer? Ou o Gen Rui Matsuda? Se o VP Temer está em uma unidade do Exército caba à ele a segurança e integridade da autoridade da república.

Os impactos reais e as ilações levaram a assessora direta do VP Temer optou para ir trabalhar na MINUSTAH, Missão de Paz no Haiti, que era mais calmo, na sua visão, que o Planalto Central Brasileiro.

À Família do jovem soldado os nossos pêsames.

Ao Comando Militar do Planalto e ao CCOMSEx a divulgação dos fatos.

Matéria Relacionada

Para a visita do VP Michel Temer a Centro de Comando do SISFRON e à 4ª Bda de Cavalaria Mecanizada acesse :

SISFRON - Temer visita Centro de Comando em Dourados Link