COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Geopolítica

05 de Março, 2013 - 10:20 ( Brasília )

Orçamento militar da China crescerá em 2013


O orçamento militar da China crescerá 10,7% em 2013, alcançando o patamar de 720,2 bilhões de iuanes (US$ 114,3 bilhões), segundo um relatório oficial apresentado nesta terça-feira à Assembleia Nacional do Povo (Legislativo).

No ano passado, a China destinou 650,6 bilhões de iuanes à defesa, o que representou um aumento de 11,6% com relação a 2011.

Segundo indicou o primeiro-ministro em fim de mandato Wen Jiabao ao apresentar o relatório de trabalho do Governo na sessão inaugural da Assembleia, essa verba será destinada a "melhorar as condições de vida e de trabalho dos oficiais e soldados do Exército".

O montante também servirá para "fortalecer a mecanização e a informatização (das Forças Armadas), a fim de garantir a segurança da defesa nacional".

"Devemos acelerar a modernização da defesa nacional e das Forças Armadas para fortalecer a defesa e a capacidade militar da China", sustentou o primeiro-ministro.

Wen acrescentou que "devemos sustentar com resolução a soberania, a segurança e a integridade territorial da China e garantir seu desenvolvimento pacífico".

A China, que aumentou substancialmente sua verba militar ano após ano nas últimas duas décadas, é o segundo país do mundo com mais despesas militares, atrás apenas dos Estados Unidos.

O investimento militar chinês suscitou a preocupação de seus vizinhos, que veem com tensão o objetivo declarado do país de se transformar em uma potência marítima, ao tempo que endurece a retórica nas disputas territoriais mantidas com o Japão e com vários países do sudeste asiático.