COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Geopolítica

08 de Novembro, 2015 - 11:00 ( Brasília )

EUA preocupados por risco de conflito no mar da China


Os Estados Unidos estão "profundamente preocupados" com a possibilidade de que os esforços de recuperação de terras no Mar da China do Sul possa desencadear um conflito na região, disse neste sábado o chefe do Pentágono Ashton Carter.

"Os Estados Unidos estão com quase todos (os países) na região em sua profunda preocupação com o ritmo e a extensão da recuperação de terras no Mar do Sul da China", disse Carter durante um fórum sobre questões de defesa na Biblioteca Presidente Ronald Reagan em Simi Valley, Califórnia.

O secretário de Defesa disse que estava preocupado com "a perspectiva de uma maior militarização, bem como o potencial dessas atividades que poderiam aumentar o risco de um erro de cálculo ou (desencadear a) conflito entre os estados requerentes".

A China reivindica soberania na prática ao longo de todo o Mar do Sul da China e está construindo várias ilhas artificiais para reforçar sua reivindicação, o que causou tensão nas suas relações com Washington.

Carter visitou na quinta-feira por três horas o transportador de aviões USS Theodore Roosevelt, que navega nas águas do Mar do Sul da China, acompanhado do destroyer USS Lassen, capaz de interceptar mísseis de cruzeiro.

No final de outubro, o USS Lassen passou perto de uma série de ilhas artificiais que a China tem construído perto do arquipélago Spratly.

A China usa dragas para converter os recifes de baixa altitude em grandes massas de terra, os habilitando para abrigar pistas de aviões militares e outras instalações

O USS Lassen concluiu uma operação para demonstrar a "liberdade de operações de navegação" em um movimento que enfureceu a China, que reclama a soberania nas águas que circundam o arquipélago.

"Nós fizemos isso antes, ao redor do mundo , e fará novamente", disse Carter, que falou durante o Fórum Nacional de Defesa, composto por líderes políticos e figuras do setor.