COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Defesa

03 de Setembro, 2015 - 09:50 ( Brasília )

China anuncia redução de 300 mil homens nas Forças Armadas


O presidente chinês, Xi Jinping, anunciou nesta quinta-feira a redução de 300 mil homens nas Forças Armadas do país e ela será concluída basicamente até o fim de 2017, informou o Ministério da Defesa da China.

Xi fez o anúncio surpreendente na abertura de um desfile militar para comemorar os 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial. O corte representa pouco mais de um décimo do contingente total de 2,3 milhões de homens das forças chinesas.

A redução tornará o Exército de Libertação Popular mais moderno e melhor preparado para alcançar o objetivo da China de ter Forças Armadas fortes, disse o ministério em comunicado divulgado pela agência de notícias Xinhua.

Essa será a quarta vez desde os anos 1980 que a China vai reduzir seu contingente militar, à medida que acelera um ambicioso programa de modernização que inclui o desenvolvimento de caças furtivos e mísseis.
 

Guardas da formação de honra do exército chinês marcharam pela praça Tian'anmen

A maior formação já vista de guardas de honra do Exército Popular de Libertação (EPL) da China marcharam pela Praça Tian'anmen na manhã desta quinta-feira durante o desfile militar que celebra o 70º aniversário do final da Segunda Guerra Mundial.

Um total de 207 guardas de honra do EPL, das forças do exército, marinha e aeronáutica, participou da parada.

A formação inclui nove linhas de soldados homens e três linhas de soldados mulheres com 17 soldados em cada linha, todos vestidos com o uniforme cerimonial do ELP de cor verde, branco e azul.