COBERTURA ESPECIAL - Expansão Chinesa - Geopolítica

23 de Dezembro, 2014 - 00:44 ( Brasília )

China envia 1º Batalhão de Infantaria para Missões de Paz



A China está enviando a mais robusta força ao exterior em Missões de Paz organizadas pela ONU. O Batalhão operará  no Sul do Sudão dentro da United Nations Mission in South Sudan (UNMISS), uma fração da  United Nations Mission in Sudan (UNMIS), e está realizando os seus aprontos finais. Será a primeira unidade de Infantaria chinesa a participar  em Missões de Paz patrocinadas pela ONU.

Nesta segunda-feira (22DEZ14), na cidade de  Laiyang, na Província de Shandong o Batalhão fez seu apronto final. A missão foi aprovada Comissão Militar Central liderada pessoalmente pelo presidente chinês Xi Jinping.

Nas missões anteriores a China sempre enviava tropas de Engenharia, tropas de logística serviços médicos e corpo de segurança. (Nota DefesaNet – na maioria das vezes tropas de inteligência realizando outras funções).

O Batalhão com uma força de 700 homens, inclui 121 oficiais e 579 soldados. Destes quarenta e três já participaram de Missões de Paz anteriormente. Um grupo de 13 soldadas participará de uma missão de paz pela primeira vez.

O primeiro grupo de 180 homens voará ao Sudão no janeiro próximo, com o restante em deslocamentos aéreos e marítimos a partir de Março de 2015.

O comandante Wang Zhen afirmou que o batalhão estará equipado com VANTs, veículos blindados de infantaria, mísseis antitanques, morteiros, armas leves, equipamentos individuais  de proteção balística e capacetes entre outros equipamentos para fins de auto-defesa.

Como importante contribuinte para as Missões de Paz  entre os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança, a China já mobilizou mais de 27.000 militares em inúmeras missões ao redor do mundo até Setembro de 2014, conforme informações do Ministério da Defesa Nacional da China.

Atualmente há  2.027militares  chineses servindo em em missões de paz.

O vídeo abaixo é da apresentação das Forças Chinesas no dia 22 de Dezembro.