COBERTURA ESPECIAL - CCT - Naval

09 de Abril, 2019 - 21:20 ( Brasília )

CCT - Agradecimento aos consórcios participantes do Projeto “Classe Tamandaré”


Nota DefesaNet

Na abertura da LAAD 2019 (02ABR2019), a Marinha do Brasil emitiu a Nota de Agradecimento aos participantes de Processo de Seleção. Inclui o agradecimento aos órgãos de controle Federal.

Para as demais matérias referentes ao Programa Corveta Classe Tamandaré, clique no banner no fim do artigo.

O Editor





A Marinha do Brasil, no momento da seleção da melhor oferta para o Projeto “Classe Tamandaré”, agradece a todas as empresas nacionais e internacionais que participaram do processo.
 
Ao atenderem as multifacetadas especificações previstas na Solicitação de Ofertas (Request For Proposal - RFP) publicadas em 19 de dezembro de 2017, demonstraram capacidades técnico-administrativas que tornaram ainda mais difícil a fase em término.
 
Para o equacionamento da complexa decisão, as excelentes propostas foram submetidas a dois fundamentais instrumentos de apoio à decisão – Análise Multicritério de Apoio à Decisão e Análise de Riscos – sendo observados o arcabouço legal vigente e os princípios e as boas práticas de governança.
 
A seriedade e o profissionalismo das empresas permitem à Força Naval externar o interesse no aprofundamento das parcerias estratégicas existentes, em ambiente comum com a que se inicia. Além do desenvolvimento de novas iniciativas, para o equacionamento de outros projetos identificados no horizonte.
 
Assim, reiteramos o reconhecimento e o agradecimento da Marinha do Brasil aos seguintes consórcios e empresas (em ordem alfabética):

 

•? Consórcio “ÁGUAS AZUIS” - ATECH Negócios em Tecnologias S.A, EMBRAER S.A e THYSSENKRUPP Marine Systems GmbH;
 •? Consórcio “DAMEN SAAB TAMANDARÉ” - DAMEN Schelde Naval Shipbuilding e SAAB AB;
 •? Consórcio “FLV” - FINCANTIERI S.p.A, LEONARDO S.p.A e VARD PROMAR S.A.;
 •? Consórcio “VILLEGAGNON” - Construtora NORBERTO ODEBRECHT (CNO), NAVAL GROUP e OEC S.A;
 •? BAe Systems, CONSUB Defesa Tecnologia S.A. e MAC LAREN Oil Estaleiros Ltda.;
 •? ELBIT Systems Ltd , Garden Research Shipbuilder Engineers (GRSE) e SINERGY Group Corporate;
 • ?GOA ShipyardLimited, INDÚSTRIA NAVAL DO CEARÁ (INACE), Fundação EZUTE e SKM Eletro Eletrônica Ltda.;
 •? STM, Estaleiro BRASFELS Ltda., Fundação EZUTE, THALES, e OMNISYS Engenharia Ltda.; e
 •?UKRINMASH, Thales e Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro
.

 
Adicionalmente, agradecemos os questionamentos e orientações de instituições de reconhecida credibilidade nacional e internacional, como a Advocacia-Geral da União, Tribunal de Contas da União, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e a Fundação Getúlio Vargas, o que vem sendo fundamental na consolidação desse inovador processo de fortalecimento das nossas Forças Armadas.
 
É importante agradecer e ressaltar, as reiteradas orientações da Presidência da República e do Ministério da Defesa, quanto ao emprego de rigorosos critérios técnicos, no processo de seleção da melhor oferta. Essas orientações fortalecem, em muito, a convicção do êxito da navegação, com destino à Classe Tamandaré.
 
No momento em que comemoramos o êxito obtido nesta importante fase do Projeto de Obtenção, também agradecemos aos integrantes do Ministério da Defesa pela indicação do ponto de partida para essa promissora navegação e parabenizamos os diversos setores da Marinha envolvidos, coordenados pela Diretoria-Geral do Material da Marinha que, com notória dedicação e comprometimento, demonstram a capacidade da Força Naval na execução de um projeto de tamanha envergadura.
 
A Marinha do Brasil congratula-se com o Consórcio “ÁGUAS AZUIS”, formado pelas empresas THYSSENKRUP Marine Systems GmbH, EMBRAER S.A e ATECH Negócios em Tecnologias S.A, bem como com o estaleiro nacional ALIANÇA S.A. Indústria Naval (Oceana), pelo resultado alcançado no processo de seleção da melhor oferta.
 
A Força Naval, a partir desse ponto e sempre no rumo da contribuição para o desenvolvimento nacional, aguarda com otimismo as formalizações contratuais e as efetivas construções dos navios, em um ambiente de profissionalismo e cordialidade entre a nossa Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON) e a futura Sociedade de Propósito Específico (SPE) “ÁGUAS AZUIS”.
 
 

Atenciosamente,

 

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA

"Marinha do Brasil, protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente"


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Dossiê EMBRAER

Dossiê EMBRAER

Última atualização 23 MAI, 15:50

MAIS LIDAS

CCT