COBERTURA ESPECIAL - CCT - Naval

09 de Abril, 2019 - 21:20 ( Brasília )

CCT - Agradecimento aos consórcios participantes do Projeto “Classe Tamandaré”


Nota DefesaNet

Na abertura da LAAD 2019 (02ABR2019), a Marinha do Brasil emitiu a Nota de Agradecimento aos participantes de Processo de Seleção. Inclui o agradecimento aos órgãos de controle Federal.

Para as demais matérias referentes ao Programa Corveta Classe Tamandaré, clique no banner no fim do artigo.

O Editor





A Marinha do Brasil, no momento da seleção da melhor oferta para o Projeto “Classe Tamandaré”, agradece a todas as empresas nacionais e internacionais que participaram do processo.
 
Ao atenderem as multifacetadas especificações previstas na Solicitação de Ofertas (Request For Proposal - RFP) publicadas em 19 de dezembro de 2017, demonstraram capacidades técnico-administrativas que tornaram ainda mais difícil a fase em término.
 
Para o equacionamento da complexa decisão, as excelentes propostas foram submetidas a dois fundamentais instrumentos de apoio à decisão – Análise Multicritério de Apoio à Decisão e Análise de Riscos – sendo observados o arcabouço legal vigente e os princípios e as boas práticas de governança.
 
A seriedade e o profissionalismo das empresas permitem à Força Naval externar o interesse no aprofundamento das parcerias estratégicas existentes, em ambiente comum com a que se inicia. Além do desenvolvimento de novas iniciativas, para o equacionamento de outros projetos identificados no horizonte.
 
Assim, reiteramos o reconhecimento e o agradecimento da Marinha do Brasil aos seguintes consórcios e empresas (em ordem alfabética):

 

•? Consórcio “ÁGUAS AZUIS” - ATECH Negócios em Tecnologias S.A, EMBRAER S.A e THYSSENKRUPP Marine Systems GmbH;
 •? Consórcio “DAMEN SAAB TAMANDARÉ” - DAMEN Schelde Naval Shipbuilding e SAAB AB;
 •? Consórcio “FLV” - FINCANTIERI S.p.A, LEONARDO S.p.A e VARD PROMAR S.A.;
 •? Consórcio “VILLEGAGNON” - Construtora NORBERTO ODEBRECHT (CNO), NAVAL GROUP e OEC S.A;
 •? BAe Systems, CONSUB Defesa Tecnologia S.A. e MAC LAREN Oil Estaleiros Ltda.;
 •? ELBIT Systems Ltd , Garden Research Shipbuilder Engineers (GRSE) e SINERGY Group Corporate;
 • ?GOA ShipyardLimited, INDÚSTRIA NAVAL DO CEARÁ (INACE), Fundação EZUTE e SKM Eletro Eletrônica Ltda.;
 •? STM, Estaleiro BRASFELS Ltda., Fundação EZUTE, THALES, e OMNISYS Engenharia Ltda.; e
 •?UKRINMASH, Thales e Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro
.

 
Adicionalmente, agradecemos os questionamentos e orientações de instituições de reconhecida credibilidade nacional e internacional, como a Advocacia-Geral da União, Tribunal de Contas da União, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e a Fundação Getúlio Vargas, o que vem sendo fundamental na consolidação desse inovador processo de fortalecimento das nossas Forças Armadas.
 
É importante agradecer e ressaltar, as reiteradas orientações da Presidência da República e do Ministério da Defesa, quanto ao emprego de rigorosos critérios técnicos, no processo de seleção da melhor oferta. Essas orientações fortalecem, em muito, a convicção do êxito da navegação, com destino à Classe Tamandaré.
 
No momento em que comemoramos o êxito obtido nesta importante fase do Projeto de Obtenção, também agradecemos aos integrantes do Ministério da Defesa pela indicação do ponto de partida para essa promissora navegação e parabenizamos os diversos setores da Marinha envolvidos, coordenados pela Diretoria-Geral do Material da Marinha que, com notória dedicação e comprometimento, demonstram a capacidade da Força Naval na execução de um projeto de tamanha envergadura.
 
A Marinha do Brasil congratula-se com o Consórcio “ÁGUAS AZUIS”, formado pelas empresas THYSSENKRUP Marine Systems GmbH, EMBRAER S.A e ATECH Negócios em Tecnologias S.A, bem como com o estaleiro nacional ALIANÇA S.A. Indústria Naval (Oceana), pelo resultado alcançado no processo de seleção da melhor oferta.
 
A Força Naval, a partir desse ponto e sempre no rumo da contribuição para o desenvolvimento nacional, aguarda com otimismo as formalizações contratuais e as efetivas construções dos navios, em um ambiente de profissionalismo e cordialidade entre a nossa Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON) e a futura Sociedade de Propósito Específico (SPE) “ÁGUAS AZUIS”.
 
 

Atenciosamente,

 

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA

"Marinha do Brasil, protegendo nossas riquezas, cuidando da nossa gente"


VEJA MAIS