COBERTURA ESPECIAL - Brasil - China - Aviação

20 de Dezembro, 2011 - 17:07 ( Brasília )

EMBRAER - Primeiro E-JET para a HEBEI AIRLINES, da CHINA

Jato E190 oferece maior conectividade e contribui para o desenvolvimento da indústria de aviação local

Beijing, China, 20 de dezembro de 2011 – A Embraer entregou hoje dois jatos EMBRAER 190 (E190) para a Hebei Airlines Co., Ltd., da China, em cerimônia realizada na sede da Empresa em São José dos Campos, Brasil. A venda destes dois E190 foi confirmada este mês e a compra de outros oito jatos aguarda aprovação final do governo chinês. Os E190 terão como base Shijiazhuang, capital da província chinesa de Hebei, e apoiarão o estabelecimento de um centro de operações (hub) nesta província. Os jatos também voarão de Shijiazhuang para capitais de outras províncias, oferecendo mais rotas e freqüências.

“Damos as boas vindas à Hebei Airlines como o mais novo operador de E-Jets e estamos honrados que as características operacionais do E190 tenham despertado o interesse dos líderes do governo da província de Hebei, o que consideramos um grande reconhecimento dos nossos produtos”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “O E190 tem sido bem aceito pelo mercado, em todo o mundo, devido à economia, desempenho e conforto destacados. Temos a confiança que os E-Jets apoiarão o desenvolvimento do mercado em que a Hebei Airlines atua e terão um papel importante na promoção do crescimento da economia e do transporte aéreo na região.”

“Estamos felizes em receber nossos dois primeiros E190. A entrada em operação destes jatos durante o 12º plano qüinqüenal chinês (2011-2015) está alinhada com a estratégia de marketing da empresa e é uma das nossas principais iniciativas para apoiar o governo e seu objetivo de ter uma indústria de aviação civil robusta, por meio do fortalecimento da aviação regional no país”, disse Luo Zhanling, Vice-Presidente do Conselho de Administração da Hebei Airlines. “Reforçaremos as vantagens dos jatos em termos de capacidade de assentos e alcance para estabelecermos um centro de operações. Esperamos que as duas empresas possam trabalhar juntas e contribuir com o desenvolvimento da aviação civil regional, promovendo o intercâmbio de experiências econômicas e culturais.”

A Embraer já recebeu 153 pedidos firmes para jatos comerciais e executivos de clientes chineses, incluindo 85 E190. Deste total, a Empresa entregou 46 ERJ 145, 55 E190 (incluindo os dois aviões entregues hoje) e três jatos executivos. A Embraer é líder no mercado de aviação regional na China, com significativos 76% de participação.

O E190 é o terceiro de quatro aviões da família de E-Jets da Embraer. O sucesso conquistado pelos E-Jets pode ser traduzido em números: mais de mil pedidos firmes e 800 jatos em operação em todo o mundo. Com capacidade entre 98 e 114 assentos, o E190 possibilita flexibilidade nas operações. O alcance de 4.450 km (2.400 milhas náuticas) permite a utilização por linhas aéreas de baixo custo e em mercados de baixa e média demanda. O jato é utilizado em conjunto com aeronaves narrowbody, de acordo com as variações de demanda dentro de um dia ou sazonais, para ajustar a capacidade das frotas e reduzir significativamente o custo das viagens. Além disso, também é empregado para desenvolver novas rotas e substituir jatos antigos e ineficientes. Juntamente com a eficiência econômica e a flexibilidade de desempenho, o conforto é um diferencial do E190. A fuselagem com seção em formato “dupla-bolha” maximiza o espaço da cabine de passageiros, resultando nos assentos mais amplos e no corredor mais espaçoso da categoria. A configuração sem assentos do meio e um sistema opcional de entretenimento em vôo também contribuem para uma agradável viagem.



Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 23 NOV, 16:40

MAIS LIDAS

Brasil - China