COBERTURA ESPECIAL - Brasil - EUA - Naval

19 de Setembro, 2012 - 10:00 ( Brasília )

ANTAQ recebe comitiva do Corpo de Engenheiros do Exército Americano (USACE)


Matéria divulgada pela ANTAQ


O diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Pedro Brito, recebeu, na terça-feira (18 Setembro), na sede da Agência, em Brasília, uma comitiva do Corpo de Engenheiros do Exército Americano (US Army Corps of  Engenieers – USACE). A delegação, liderada pelo diretor de serviços internacionais e de acordos interagências do USACE, James Balocki, veio estreitar os contatos para realização de acordo de cooperação técnica com a ANTAQ. A instituição norte-americana também firmará acordos de cooperação com a Agência Nacional de Águas (ANA), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Defesa Civil.

A expectativa é que cada órgão brasileiro firme um acordo especifico com a instituição estado-unidense, como anunciou o oficial de ligação do Usace para a América Latina e Caribe, Marcelo Salles. Na ANTAQ, a cooperação deverá contemplar as áreas de portos e de navegação interior.

Para o superintendente de Navegação Interior da Agência, Adalberto Tokarski, “este futuro acordo representa o amadurecimento de uma relação que vem sendo construída ao longo do tempo e que poderá viabilizar uma parceria na qual o Brasil utilizará a vasta experiência da instituição norte-americana”.

O superintendente informou que uma nova reunião entre os dois órgãos está marcada para o próximo dia 27. “Nessa reunião, que deverá se estender por três dias, será elaborado o escopo do futuro acordo, provavelmente já com as estimativas de custos e as metas para a sua operacionalização”, apontou.

Os contatos entre a Agência e o USACE se iniciaram em 2007, durante o Seminário Internacional sobre Hidrovias Brasil-Estados Unidos, promovido pela ANTAQ. Na ocasião, representantes da delegação norte-americana conheceram as instalações da hidrovia do Tietê-Paraná, em São Paulo. Por sua vez, duas comitivas formadas por parlamentares e empresários brasileiros, além dirigentes e técnicos da Agência, visitaram as instalações do complexo do Mississippi, onde também conheceram laboratórios e centros de pesquisa.

O Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos tem entre as suas atribuições apoiar o desenvolvimento das hidrovias norte-americanas. O destaque é a hidrovia do Mississipi, por onde são movimentados, por ano, cerca de 650 milhões de toneladas de cargas, especialmente produtos agrícolas.

Nos últimos tempos, a presença de representantes do Usace no Brasil vem se intensificando. Em dezembro de 2010, uma delegação do USACE reuniu-se na sede do Comando do Exército brasileiro, com militares do Departamento de Engenharia e Construções e dirigentes da ANTAQ. Em pauta, a assinatura de um protocolo de intenções para cooperação técnica em obras do Exército brasileiro na área da hidrovia do São Francisco.

Em junho do ano passado, o USACE participou de encontro técnico promovido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Brasília, para discutir com representantes dos ministérios da Integração Nacional e dos Transportes, ANTAQ, Exército Brasileiro, DNIT, Ibama e Agência Nacional de Águas processos de recuperação de margens degradadas nos rios do Nordeste.

Participaram ainda da reunião na manhã de hoje (18/09) na ANTAQ, pelo Usace, o diretor de integração militar da Divisão do Atlântico Sul, Torkild Brunso, os senhores Dennis Fails, Ray Walser e Wade Ross, e a assessora de Ciência e Meio Ambiente da Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil, Jennifer McCard.

Pela ANTAQ, também participaram os superintendentes de Portos e de Fiscalização, respectivamente Mário Povia e Giovanni Paiva; o assessor da Diretoria, Ricardo Ruschel; os gerentes de Estudos e Desempenho Portuário, Fernando Serra, de Afretamento da Navegação Interior, Walneon Oliveira, de Desenvolvimento e Regulação da Navegação Interior, José Renato Ribas Fialho, de Fiscalização Portuária, Júlio César Dias, e de Fiscalização da Navegação, Márcio de Macedo; e os especialistas em regulação de transportes aquaviários, Gabriela Coelho da Costa e Arthur Yamamoto.

Matéria relacionada

CODEVASF - Brasil contrata Engenheiros do Exército dos EUA (USACE) para planejar hidrovia no São Francisco