COBERTURA ESPECIAL - Brasil - EUA - Geopolítica

06 de Maio, 2012 - 12:25 ( Brasília )

Emb. SHANNON - Acordo de BRASIL e TURQUIA com IRÃ era 'INSUFICIENTE'


ACORDO DE BRASIL E TURQUIA COM IRÃ ERA 'INSUFICIENTE'
FOLHA DE SP - 03/05/12

Coluna da MÔNICA BERGAMO



O embaixador americano no Brasil, Thomas Shannon, participou em São Paulo, no fim da semana, do lançamento do programa Mudança de Geração, que seleciona jovens muçulmanos para promover "intercâmbio entre as culturas". Ele falou à coluna:

Folha - Autoridades de Israel disseram recentemente que o Irã não trabalha para produzir a bomba atômica. Então Brasil e Turquia estavam certos quando negociaram o acordo nuclear com o país, em 2009?
Thomas Shannon - A negociação foi importante para mostrar a capacidade da comunidade internacional para tratar diplomaticamente com o Irã. Infelizmente, o acordo não foi suficiente naquele momento. Nossa intenção é usar a diplomacia, o engajamento e as sanções para assegurar que o Irã se sente na mesa de negociações e fale sobre os problemas de confiança que existem no mundo sobre seu programa nuclear. O Conselho de Segurança da ONU e a Agência Internacional de Energia Atômica [AIEA] mostraram claramente que o Irã não está cumprindo as regras internacionais.

O presidente Obama errou quando não respaldou o acordo negociado por Brasil e Turquia?
Ele não rejeitou o acordo, mas mostrou claramente que não foi o suficiente para evitar as sanções [ao Irã], que eram parte de um programa diplomático importante.

As sanções podem ser revogadas agora?
Ainda há muito para fazer.

O que muda neste momento e o que se pode fazer?
O Irã sabe bem o que tem que fazer. Isso passa pelas resoluções do Conselho de Segurança e os informes da AIEA, de maneira que eles [iranianos] estejam dispostos a cumprir com suas obrigações dentro de acordos que eles mesmos assinaram e se abra uma possibilidade de um entendimento com a comunidade internacional.

O porta-voz do presidente iraniano disse à Folha, em janeiro, que a presidente Dilma Rousseff "golpeou tudo o que Lula havia feito" na relação com o Irã. Houve mudanças?
A presidenta Rousseff falou diretamente sobre direitos humanos e o tratamento às mulheres. Foi simplesmente uma articulação de valores que são parte do Brasil.

Dilma tem sido melhor que o ex-presidente Lula na política externa?
O Brasil é um país em transformação e cada presidente tem seu papel nesse processo. O presidente Lula mudou muitas coisas no plano global, especialmente na relação com os EUA, mas sempre numa trajetória que vai para... para... [gesticula, buscando a palavra em português] cima. E a presidenta Rousseff está melhorando isso a cada dia.