COBERTURA ESPECIAL - Brasil - Argentina - Terrestre

16 de Outubro, 2016 - 17:50 ( Brasília )

BR-AR - Operação Guarani 2016

Ações de Logística e Comunicações e o Ataque Definitivo na Operação Guarani 2016

Logística

Monte Caseros/AR – A conquista do objetivo numa operação é resultado de um minucioso planejamento e a execução precisa das determinações nele contidas. Além de uma tropa adestrada e meios que viabilizem a missão, uma logística eficiente pode interferir de modo determinante no êxito da missão.

Na Operação Guarani 2016, a o de
Companhia de Logística composta pelo 9º Batalhão Logístico e o  Batalhão Intendência 601 apoiam o ataque executando o abastecimento e a manutenção da campanha. Alimentos, combustível e saúde ficam sob a responsabilidade dos militares que trabalham conjuntamente com a tropa que avança diuturnamente rumo à conquista do objetivo na região conflagrada da tríplice fronteira.



Companhia de Logística composta pelo 9 Batalhão Logístico e o  Batalhão Intendência 601 Foto - 1 Bda C Mec




Companhia de Logística composta pelo 9 Batalhão Logístico e o  Batalhão Intendência 601 Foto - 1 Bda C Mec

 


Comunicações
 

Monte Caseros/AR – A companhia de comunicações apoiou todos os eventos ocorridos durante a Operação Guarani 2016. A 11ª Companhia de Comunicações Mecanizada apoiou, juntamente com a 12ª Companhia de Comunicações de Monte 12, no estabelecimento de redes rádio e meios de informática para facilitar o comando e controle, com a finalidade de sincronizar e dar continuidade às operações e possibilitar as ações preconizadas na ordem de operações.

 

 

A 11ª Companhia de Comunicações Mecanizada apoiou, juntamente com a 12 Companhia de Comunicações de Monte 12, no estabelecimento de redes rádio e meios de informática . Foto 1ª Bda C Mec

 

A 11ª Companhia de Comunicações Mecanizada apoiou, juntamente com a 12 Companhia de Comunicações de Monte 12, no estabelecimento de redes rádio e meios de informática . Foto 1ª Bda C Mec





Ataque Definitivo


Monte Caseros/AR – Na manhã de sábado, 15 de outubro, as Forças-tarefa Alfa e Bravo da Brigada Combinada Guarani, composta por tropas da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, de Santiago/RS e tropas da Brigada de Monte XII, de Posadas, República Argentina, isolaram o inimigo após o controle e domínio dos acessos.

Após a aproximação noturna, o ataque frontal e a passagem tática do obstáculo fluvial, mediante a transposição do rio Mirañay, foi realizado o ataque que possibilitou a conquista do objetivo principal,  vencendo o inimigo e reestabelecendo a segurança da tríplice fronteira.



Soldado argentino opera uma metralhadora .50 desde um hummer. Foto  1ª Bda C Mec



Viatura Marruá da 1ª Bda C Mec no ataque definitivo. Foto 1ª Bda C Mec



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 23 OUT, 17:00

MAIS LIDAS

Brasil - Argentina