COBERTURA ESPECIAL - Brasil - Alemanha - Geopolítica

20 de Agosto, 2015 - 17:00 ( Brasília )

BR-DE - Na Agenda Missões de Paz, VANTs, Submarinos e Carros de Combate

Brasil e Alemanha firmam acordo de cooperação na área de defesa


Brasília, 20/08/2015 – O ministro da Defesa do Brasil, Jaques Wagner, e o vice-ministro da Defesa da Alemanha, Ralf Brauksiepe, assinaram nesta quinta-feira (20), uma declaração conjunta acerca dos entendimentos entre os países na área de defesa. O documento foi firmado durante encontro no Ministério da Defesa, em Brasília (DF), como parte das consultas intergovernamentais Brasil e Alemanha.

Jaques Wagner recebe vice-ministro da Defesa da Alemanha, Ralf Brauksiepe, para assinatura de declaração conjunta

Jaques Wagner recebe vice-ministro da Defesa da Alemanha, Ralf Brauksiepe, para assinatura de declaração conjunta


A declaração foi subscrita após a recente promulgação do Acordo de Cooperação em matéria de defesa entre os países. “Hoje tivemos duas notícias importantes para área de defesa. Uma foi a promulgação do acordo, que se chama acordo quadro de defesa, que permite o incremento de várias áreas do setor. Um acordo que já existe com muitos países e aqui nós fizemos uma declaração conjunta que aponta também cooperação na área de missões de paz”, frisou o ministro Wagner.

O trato abre espaço para atuação em diversas áreas, como à política de defesa, treinamento e operações militares; pesquisa e desenvolvimento, aquisição de apoio logístico, produtos e serviços de defesa; assessoramento em equipamentos defesa; compartilhamento de conhecimentos e experiências nas áreas de ciência e tecnologia; e intercâmbio de informações relacionadas a assuntos de segurança internacional.

O documento permite também o compartilhamento de experiências sobre questões relacionadas à prevenção de conflitos internacionais e operações de gerenciamento de crises e outras áreas correspondentes no domínio de defesa que possam ser de interesse mútuo para as partes.

Declaração conjunta

Durante a reunião, os ministros destacaram a importância da promulgação do acordo Brasil e Alemanha pelo Congresso Nacional. Ralf Brauksiepe agradeceu o empenho de Jaques Wagner em conseguir a aprovação. “A promulgação do acordo representa um importante progresso em nossas relações bilaterais. Esses entendimentos começaram a mais de dois anos e hoje estão se concretizando. Sabemos da importância do Brasil como parceiro econômico. Temos que nos empenhar para manter a estabilidade mundial e o progresso econômico é importante para isso”, ressaltou o vice-ministro alemão.

Na declaração assinada, Brasil e Alemanha concordaram sobre a importância de desenvolver esforços na busca de formas futuras de cooperação e ações conjuntas em Operações de Paz e de Ajuda Humanitária, sob a égide da Organização das Nações Unidas (ONU), em especial na África, bem como nas áreas de segurança e defesa cibernética e de intercâmbio de informações no âmbito da Consciência Situacional Marítima.

Jaques Wagner lembrou os pontos de união entre Brasil e Alemanha, destacando a luta pela paz mundial e contra o terrorismo, e o apoio à indústria de defesa entre as duas nações. “Esse tipo de relação é importante para ampliação do intercâmbio econômico entre os países”, disse.

Ambos destacaram ainda o compromisso em prosseguir com os projetos conjuntos no âmbito bilateral anual, bem como dos programas de educação e capacitação militar, e de cooperação também na área de produtos de defesa.

O ministro brasileiro salientou que o Brasil está junto com os alemães na missão de paz da Força Interina das Nações Unidas (UNIFIL), no Líbano, e manifestou o interesse brasileiro em buscar parcerias na área de manutenção de submarinos IKL-209-1400, de Aeronaves Remotamente Pilotadas de Alcance Estratégico e de Veículos Blindados sobre Lagartas.

“Essa é uma preocupação da Alemanha por tudo que está se vivendo na Europa. Eles têm um processo de acordo conosco no desenvolvimento de lançadores de micro satélites e se abriu a possibilidade também na área de manutenção de submarinos e no desenvolvimento de tanques. E nós firmamos a posição de que temos interesse, não só de ser comprador, mas de desenvolver produtos em conjunto, onde haja transferência de tecnologia”, completou Jaques Wagner.

Após encontro no Ministério da Defesa, Wagner participou da reunião ampliada no Palácio do Planalto, ao lado da presidenta Dilma Rousseff e da chanceler da Alemanha, Angela Merkel.

Nota DefesaNet

A visita da Chanceler da Republica da Alemanha  Angela Merkel, tem um gosto muito diferente da realizada em 2008.

Na oportunidade a Chanceler encontrou um Brasil altivo e ambicioso, agora atropelado pela crise econômica e com inúmeros problemas de governabilidade a Chanceler tem o doce sabor de vingança.

Na sua agenda uma vingança em particular a derrota para os franceses da DCNS no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB).
Na agenda a solicitação de manutenção dos submarinos diesel – elétricos IKL-209-1400 ( Classe Tupi).

Posteriormente a Alemanha tornou-se a maior fornecedora de equipamentos militares ao Brasil, em especial com os excedentes da Bundesheer (Exército Federal), como os carros de combate Leopard 1A 5BR e as viaturas Antiaérea Gepard.

Também ouve um sensível reforço na representação diplomática com a indicação do embaixador Dirk Brengelmann (assumiu em 2014), com profundos conhecimentos na área de defesa, cibernética. Desde a sua chegada a embaixada da Alemanha em Brasília tem sido ativa em realizar um amplo lobby junto aos militares e imprensa.

O próprio Comandante do Exército General-de-Exérito Eduardo Villas Boas anunciou em recente audiência na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, o desenvolvimento de um carro de combate de 50 toneladas, posteriormente deverá encorpar uma família de viaturas de lagartas.

O Editor

Matérias Relacionadas

BR-DE - Acordo sobre Cooperação em Matéria de Defesa Link


BR - AL - Comitiva alemã veio ao Brasil tratar de assuntos de Defesa Link




Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 22 OUT, 14:00

MAIS LIDAS

Brasil - Alemanha