COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa

18 de Fevereiro, 2013 - 11:04 ( Brasília )

ABIMDE - SIMDE - Discurso Dr. Carlos Frederico Queiroz de Aguiar

Discurso do Dr. Carlos Frederico Queiroz de Aguiar, na solenidade de na transmissão das presidências da ABIMDE e SIMDE, 31 Janeiro 2013.


Discurso Dr. Carlos Frederico Queiroz de Aguiar, Presidente ABIMDE / SIMDE, na transmisão das presidências da ABIMDE e SIMDE


São Paulo, 31 de janeiro de 2013.
Saudação aos presentes.

Meus caros companheiros;

Aqui estou novamente na passagem de comando da ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança)
, já é a terceira, sendo a segunda para outro companheiro desta vez para o meu amigo Sami, Presidente da AVIBRAS.

Reassumi a Presidência da ABIMDE, por força de dispositivo estatutário, em abril do ano passado por motivo de vacância do cargo.

Esse fato me levou a acumular as duas Presidências a da ABIMDE a do SIMDE, o nosso sindicato patronal, assim, na realidade o que hoje teremos aqui serão duas passagens de comando, a do sindicato estou passando para meu amigo e pai, Carlos Erane de Aguiar.

Cabe à ABIMDE representar externamente o Setor de Defesa e Segurança, isso tem sido feito com excelência por todo o Corpo Diretor de nossa Associação.

A missão do SIMDE, por outro lado, tem um caráter legalista de encaminhar demandas ao Governo e também de interagir com a CNI e Federações, notadamente temos avançado muito nesse mister com a FIRJAN, a FIESP, a FIERGS e FIEMG, mas caberá ao meu sucessor, expandir este trabalho.

Neste último período a ABIMDE continuou sua trajetória ascendente, crescemos em número, hoje somos mais de 180 empresas Associadas e em presença ampliamos a nossa participação tanto no cenário nacional como internacional.

 

a) Participamos em 8 feiras internacionais mostrando produtos e serviços com alta tecnologia em praticamente todos os continentes. Participação esta sempre com a parceria e o apoio total da APEX - BRASIL agencia governamental viabilizadora destes eventos;

b) Participamos como palestrantes em mais de 20 fóruns especializados no ano de 2012, no Brasil e no exterior cobrindo desde as escolas de altos estudos militares, como eventos realizados no Congresso nacional e diversos outros eventos especialmente focados no tema Defesa e Segurança; 

c) Tivemos a possibilidade de atualizar o estatuto da ABIMDE adaptando-o à legislação vigente e modernizando sua estrutura;

d) Participamos na Mostra BID –BRASIL realizada com o apoio do MD quando apresentamos aos Adidos Militares acreditados no País, bem como ao público de Brasília, nossos produtos com a marca “BRASIL”;

e) Consolidamos o Comitê de Veículos Não Tripulados visando obter o apoio do DECEA e da ANAC para a regulamentação do emprego de veículos aéreos em operações comerciais possibilitando o fortalecimento das empresas do setor;

f) Participamos pela primeira vez em uma feira vocacionada para o setor de simuladores de operações militares e de segurança pública nos EUA, o que teve como conseqüência a formação de um comitê de simulação em apoio às empresas do setor;

g) Conseguimos, no âmbito do Ministério da Defesa dois importantes trunfos:
·        Uma representação permanente junto ao MD, aonde atua nosso representante de Relações Institucionais;
·        Estabelecemos uma agenda de reuniões regulares, a cada dois meses, com o Sr. Ministro da Defesa Celso Amorim, onde é apresentada uma pauta de assuntos com a visão da Associação e como a ABIMDE entende que pode apoiar as medidas tomadas pelo MD para o setor;

h) Recepcionamos 13 delegações estrangeiras em visita ao Brasil, apresentando a Base Industrial de Defesa aos visitantes.

O cenário que se descortina à frente do nosso setor no Brasil é sem dúvida alguma de grandes oportunidades e igualmente de grandes ameaças.

Num mundo com as maiores economias em crise o Brasil se mostra como um importante mercado com robustos programas nacionais e regionais nas áreas de defesa e segurança.
Por outro lado, os ainda não totalmente preparados aparatos, governamental e de Estado, não garantem que a Base Industrial de Defesa – BID esteja plenamente apta ao atendimento dos preceitos constitucionais de “... autonomia tecnológica...” e “soberania”.

É fato, que muito já se caminhou no estabelecimento de base legal para o fortalecimento da BID; Estratégia Nacional de Defesa – END, Lei 12.598, apenas para citar os instrumentos mais importantes, mas faltam ainda muitos outros, entre eles a regulamentação da Lei citada.

Vale citar que a ABIMDE editou em 2011 um documento intitulado “Medidas Viabilizadoras”, explicitando 49 medidas, subdivididas em 9 setores para viabilizar o fortalecimento da BID.

O tempo nesta trajetória não é nosso aliado. Os fatos e necessidades estão a bater às nossas portas, as decisões estão sendo tomadas apesar de ainda não contarmos com o arcabouço ideal de gestão de política governamental para o segmento.

Não posso deixar de mais uma vez agradecer o vital apoio do Almte. Pierantoni e de toda a sua incansável equipe que com sua competência e dinamismo foram determinantes na condução e execução do dia a dia da nossa associação.

Tive a honra de tê-los como colaboradores abnegados por mais de 5 anos, enquanto estive à frente da Presidência do SIMDE e da ABIMDE.

São características do empresário brasileiro a coragem e o otimismo, a ABIMDE e o SIMDE são formados por essas pessoas, portanto herdam essas qualidades, posso garanti-las na ABIMDE com o nosso novo Presidente Sami e a ele e à nossa nova Diretoria à qual integro na qualidade de 1º Vice Presidente, posso também dizer o mesmo do SIMDE por seu novo Presidente Carlos Erane e por sua nova Diretoria.

Tenho certeza de que juntos, ABIMDE e SIMDE vamos cerrar fileiras em mais essa caminhada missionária pelo fortalecimento da BID e pela grandeza do Brasil.

Muito obrigado.

Carlos Frederico Queiroz de Aguiar
Presidente ABIMDE

Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança

 


Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa