COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Aviação

24 de Outubro, 2012 - 13:30 ( Brasília )

PANTERA K2 - Primeiro protótipo inicia ensaios em voo

Aeronave será entregue à Aviação do Exército (AvEx) em dezembro, inaugurando um novo ciclo de parceria com as Forças Armadas

Informe HELIBRAS

A entrega do primeiro helicóptero modelo Pantera K2, modernizado, para o Exército brasileiro, no próximo mês de dezembro, marcará o início de uma fase importante para a Helibras. Além de celebrar a concretização de um importante modelo de negócios - o retrofit de aeronaves militares, já adotado em diversos países - a empresa conclui também mais uma etapa do processo de capacitação de seus técnicos e que será importante para transformá-la em um dos pilares mundiais do grupo Eurocopter.

O retrofit de aeronaves militares vem sendo utilizado em frotas que envolvam bens de alta tecnologia e elevado valor de aquisição, como é o caso de helicópteros, aviões e navios militares.

No caso do contrato entre a Helibras e o Exército brasileiro, o helicóptero modernizado que acaba de iniciar os testes de voo é o primeiro de um total de 34 unidades que serão modernizadas. Eles receberão uma nova cablagem, novo capô do motor, tela VEMD integrada a um novo Glass Cockpit, novo piloto automático de quatro eixos, novo motor Arriel 2C2CG 40% mais potente, entrada de ar e radiador maiores e uma Caixa de Transmissão principal totalmente modernizada. Também contarão com novos radares meteorológicos e altímetros, modernos rádios de navegação e de comunicação, além de um novo rotor de cauda, aumentando significativamente a performance e a segurança.

“Depois de todas as outras fases que incluíram um aperfeiçoamento do design preliminar e detalhado da aeronave, executado pelo nosso Centro de Engenharia, e o envio de Engenheiros e Mecânicos para a Eurocopter, na França, para participarem de treinamento “On The Job”, também estamos finalizando os estudos para certificação e qualificação, além da formação de pilotos e instrutores”, explica Marco Wagner, gerente do Programa Pantera K2 da Helibras.

Este projeto está possibilitando à Helibras um importante salto tecnológico, o qual, juntamente com a fabricação do modelo EC725 e demais programas em andamento, levarão ao desenvolvimento e concepção do novo helicóptero brasileiro previsto para 2020. “A parceria entre a empresa e as Forças Armadas, construída a partir de uma visão de futuro, já está gerando benefícios para toda a sociedade, ampliando a malha industrial brasileira, além de ser um passo estratégico dentro do programa de expansão da Helibras, já que traz o domínio de importantes tecnologias, oferecidas em um modelo de grande performance, como o caso da família Dauphin, da qual deriva a versão militar Pantera, avalia Eduardo Marson Ferreira, presidente da Helibras.

A modernização dos Pantera K2 da Aviação do Exército – AvEx, adicionará mais de 275.000 horas de trabalho dentro da Helibras e está prevista para terminar em 2021, após a entrega do 34º helicóptero totalmente renovado. Esses helicópteros incorporarão o que há de mais avançado em equipamentos e ganharão uma vida útil para mais 25 anos de atividades.

Sobre a Helibras

A Helibras é a única fabricante brasileira de helicópteros. A empresa é associada ao Grupo Eurocopter, maior fornecedor mundial do setor, controlado pela EADS - European Aeronautic Defence and Space Company. Com participação superior a 50% na frota brasileira de helicópteros a turbina, a Helibras está em atividade no Brasil desde 1978 e mantém instalações em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Sua fábrica, que emprega mais de 700 profissionais e tem capacidade de produção de 36 aeronaves por ano, está localizada na cidade de Itajubá (MG), onde são produzidos diversos modelos que atendem aos segmentos civil, governamental e militar. Desde sua fundação, a Helibras já entregou mais de 600 helicópteros no Brasil, sendo 70% do modelo Esquilo. Em 2011, a empresa teve um faturamento de R$ 288 milhões. Mais informações: www.helibras.com.br

Sobre a Eurocopter e a EADS

Fundado em 1992, o grupo franco-alemão-espanhol Eurocopter é uma divisão do Grupo EADS e emprega aproximadamente 20 mil pessoas. Em 2011, a Eurocopter confirmou sua liderança mundial na fabricação de helicópteros com um volume de negócios de € 5,4 bilhões, encomendas de 457 novos helicópteros e 43% de participação de mercado nos segmentos civil e governamental. Os helicópteros do Grupo são responsáveis por 33% da frota mundial nos mercados civil e governamental. A forte presença internacional da Eurocopter é garantida por suas subsidiárias e participações em 21 países. Sua rede mundial de centros de serviços, de treinamento, distribuidores e agentes certificados oferecem suporte a cerca de 2.900 clientes. Atualmente, há mai s de 11,3 mil helicópteros Eurocopter em operação em 149 países. A Eurocopter oferece a maior gama de helicópteros civis e militares do mundo e está totalmente comprometida com a segurança, sendo este o aspecto mais importante de seus negócios.

A EADS é líder mundial nos segmentos aeroespacial, de defesa, segurança e serviços relacionados. Em 2011, o Grupo, que inclui a Airbus, Astrium, Cassidian e Eurocopter, faturou € 49,1 bilhões e empregou aproximadamente 133 mil pessoas. No Brasil, a EADS mantém investimentos há 34 anos, tendo iniciado sua presença por meio da Helibras, subsidiária local da Eurocopter. Também está presente por meio da EADS Brasil, da Cassidian Brasil, da Astrium Geo Information Services Brasil, do escritório de representação da Airbus Military, da Equatorial Sistemas, da qual a Astrium é acionista, e de uma joint venture entre a Cassidian e a Odebrecht. Desenvolve parcerias de longo prazo com clientes como a TAM, Forças Armadas, Polícia Federal, Agência Espacial Brasileira (AEB ), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e as forças policiais estaduais.

 



Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 23 NOV, 16:40

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa