COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Terrestre

23 de Fevereiro, 2015 - 10:20 ( Brasília )

Novo comandante da 3ª Divisão de Exército realiza visita à ADESM


Marielle Flôres
Assessora de Comunicação/ADESM


 


Na tarde de quinta-feira, 19/02, o novo comandante da 3ª Divisão de Exército, Gen Div José Carlos Cardoso, realizou uma visita à sede da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria.
 
Na ocasião, o general acompanhou uma apresentação sobre a ADESM realizada pelo Diretor Presidente da Agência, Vilson Serro e pelo Superintendente Executivo, Diogo De Gregori. Durante a conversa, também foi apresentado o planejamento do ano de 2015 e as ações previstas, especialmente, para o Polo de Defesa.
 
Dentre as atividades destacadas, Diogo resumiu o funcionamento do Movimento A Santa Maria que Queremos bem como as reuniões previstas para este ano, que direcionam o trabalho da Agência no monitoramento das ações do Plano Estratégico de Desenvolvimento:
 
- Nestes encontros, voluntários da sociedade acompanham e articulam o desenvolvimento de Santa Maria em seus diversos eixos estratégicos, como educação, saúde, segurança, cultura, meio ambiente, gestão pública, infraestrutura, indústria, turismo, economia solidária, empreendedorismo, entre outros – explicou o executivo.


Participação no Conselho Superior e no Polo de Defesa: pelo desenvolvimento de Santa Maria e região

Ao assumir o comando da 3ª DE, General Cardoso passa a ocupar uma cadeira no Conselho Superior da ADESM, que atualmente é composto por:
 
Prefeito Municipal de Santa Maria, Cezar Augusto Schirmer;
Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Santa Maria, Sérgio Cechin;
Deputado Federal, Paulo Pimenta;
Deputado Estadual, Jorge Pozzobom;
Deputado Estadual, Valdeci de Oliveira;
Prefeito Presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Centro, João Mário Cristófoli;
Reitor de UFSM, Paulo Burmann;
Reitora da UNIFRA, Ir. Iraní Rupolo;
Diretor da ULBRA/SM, Augusto Kirchhein;
Presidente de CACISM, Luiz Fernando Pacheco;
Presidente da AJESM, Alexandre Bolzan;
Presidente da Associação Parque Tecnológico de Santa Maria, Nilza Zampieri;
Comandante da 3ª Divisão de Exército em Santa Maria, Gen. Div. José Carlos Cardoso;
Comandante da Base Aérea de Santa Maria, Cel. Av. Ramiro Kirsch Pinheiro;
Comandante Regional de Policiamento Ostensivo em Santa Maria, Cel. Jaime Machado Garcia;
Presidente do COREDE Central, Silon Junior Procath;
Coordenador da UAC, Rodrigo dos Santos.
Representantes dos Associados Fundadores: Carlos Costabeber, Odilo Marion, Jorge Alberto Lorentz Aita e Augusto Cesar Mânica;
Representantes dos Associados Colaboradores: Eduardo Rolim, José Antônio Malmann, Leonardo Veiga e Sérgio Jahn.
 
Nas reuniões do Conselho, que ocorrem a cada três meses, os integrantes avaliam as ações realizadas pela agência e articulam os próximos passos visando a consolidação de uma Santa Maria unida pelo bem comum, inovadora, próspera e sustentável.
 
Junto aos demais componentes do Polo de Defesa de Santa Maria, o comandante da 3ª Divisão de Exército terá uma missão importante ao dar continuidade ao trabalho de consolidação do Município e da região como um grande polo do setor de defesa:

- Com o tempo e o convívio que o trabalho irá nos proporcionar, iremos estreitar as relações e buscar, juntos, as melhores estratégias para darmos continuidade ao trabalho de desenvolvimento de Santa Maria, especialmente junto ao Polo de Defesa – destacou o comandante.
 
Para Vilson Serro, este é o momento de despertar Santa Maria para sua grande vocação presente em seu potencial militar:
 
- O fortalecimento do setor de defesa aliado ao conhecimento e aos recursos humanos qualificados que nossa cidade oferece é um dos caminhos que identificamos como vetor de competitividade de nosso município. Temos que investir nestes potenciais e fortalecer nossos laços em busca deste bem comum para Santa Maria e região.
 
Visita ao Tecnoparque
 
Após a reunião, Gen Cardoso seguiu para o Santa Maria Tecnoparque acompanhado pelo Diretor Vilson Serro e foi recebido pela Diretora da instituição, Nilza Zampieri, pelo Gestor Executivo, Cristiano Silveira e pela Gestora do Arranjo Produtivo Local CentroSoftware, Lia Rosa.

Integraram a comitiva que participou das visitas na tarde desta quinta-feira; Cel Piraju Borowski Mendes;  Cel Marcelo Lopes Fernandes; Cel Glauber Silva; Maj Jorge Wilson da Silva Boabaid; Ten Edson Chaves, todos da 3ª Divisão de Exército.

 

Santa Maria será referência na América Latina - Santa Maria busca consolidar um polo tecnológico de defesa¹

A cidade de Santa Maria está localizada na região central do Rio Grande do Sul, posição que lhe atribui vantagens comerciais em relação a outros municípios. Segundo os princípios da administração, planejar é decidir antecipadamente o que deve ser feito para alcançar determinado objetivo ou meta.

Santa Maria é a sede da 3ª Divisão de Exército (3ª DE), concentrando o comando de mais de 23 mil militares e se consolidando como o polo com o maior efetivo e o poder de fogo da América Latina. Resta à região aproveitar o montante de recursos e de pessoas qualificadas que chegarão a mais, e também a fama que a região conquistará no meio militar.

Para o coronel Almeida Rosa, que trabalha na comunicação da 3ª DE, a cidade já está sendo percebida e identificada, no Brasil, como um centro de treinamento, sobretudo pela presença do Centro de Instrução de Blindados. Mas ele acredita que, com o tempo, será uma referência internacional:

- Daqui a alguns anos, será comum falar de Santa Maria em qualquer lugar do mundo. Dois dos três tipos de simulação que serão possíveis no CAA-Sul já são feitas aqui há muito tempo, que é a construtiva, para os comandantes, e a virtual. O que o centro possibilitará é a simulação viva, no campo, e a integração das três. E o Brasil quer fazer isso com tecnologia própria. Se conseguir isso, mesmo que nossas fábricas não exportem, criaremos uma expectativa nos outros países.

- O eixo formado por Santa Maria e Rosário do Sul está ficando muito importante para o Exército e para a Força Aérea nos últimos anos. É uma mostra da tendência de que, aos poucos, as Forças Armadas devem começar a concentrar as suas unidades, pelo menos no treinamento. E, como é raro de se ver, a cidade acordou para isso e está sabendo aproveitar, enviando representantes para eventos e se inserindo no ambiente em que os investimentos acontecem - diz o editor do DefesaNet Agência de Notícias, Nelson Düring.

 

 ¹com Agências de Notícias


Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 18 DEZ, 09:55

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa