COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa

15 de Dezembro, 2014 - 00:45 ( Brasília )

SIPRI - Top 100 Indústrias de Defesa no Mundo

O Stockholm International Peace Research Institute apresenta o estudo TO 100 de indústrias de Defesa. Uma queda percentual de empresas americanas e um expresivo crescimento Russo. A EMBRAER passa a ser a 62ª Indústria de Defesa do Mundo


Estocolmo, 15 Dezembro 2014 - Vendas de equipamentos de Defesa e Serviços pelas the SIPRI Top 100— totalizou U$ 402 bilhões, em 2013, conforme os dados coletados e analisados pelo  Stockholm International Peace Research Institute (SIPRI).

Este é o terceiro ano consecutivo  de declínio no total de vendas dos 100 do maiores produtores de equipamentos de Defesa e prestadores de serviço. Com um decréscimo  nas vendas de 2 % em termos reais comparados aos  3,9% em 2012. A velocidade do declínio diminuiu levemente. Isto é parcialmente atribuído aos significativos aumentos de vendas dos fabricantes russos e outros países emergentes.

As vendas das companhias com sede nos Estados Unidos e Canadá têm decaído moderadamente, enquanto as vendas das empresas baseadas na Rússia aumentaram em 20%, em 2013. A Europa Ocidental mostrou uma perspectiva mista, com as empresas francesas  aumentando suas vendas, as da Inglaterra de forma estável enquanto as localizadas na Itália e Espanha continuam a declinar.





“O percentual de vendas de Defesa de empresas localizadas for a da América do Norte  e Europa Ocidental continua a declinar desde 2005,' afirma  Dr Aude Fleurant, Diretor  Programa Arms and Military Expenditure  do Stockholm International Peace Research Institute (SIPRI). 'Para  2013, alcançou um crescimento de 15,5 % para as Top 100 na área de Defesa, Este percentual é o maior pontos da história do SIPRI Top 100, que não inclui a China  devido a falta de dados confiáveis.'

Crescimento das Empresas Russas permanecem alto

As empresas russas com maior crescimento de vendas em 2013 é a Tactical Missiles Corporation, com um crescimento de 118 %, seguida pela  Almaz-Antey (34 %) e a United Aircraft Corporation (20%). As vendas em 2013 da  Almaz-Antey's a tornam a 12ª indústria de Defesa do mundo (excluindo a China) a aproxima-se das top 10, todas elas dos Estados Unidos ou Europa Ocidental desde o fim da Guerra Fria.

Em 2013 também surgiu a 10ª empresa russa nos Top 100, a empresa Sozvedje, fabricante de equipamentos de comunicação e eletrônica.

'Este significativo crescimento das empresas russas, tanto em 2012 como em 2013, são em grande parte pelo contínuo processo de compras pelo Governo Russo nos anos 2000. Estes investimentos são para modernizer a capacidade de produção e adquirir novos equipamentos que tragam paridade com os Estados Unidos e a Europa Ocidental” afirma Siemon Wezeman, Pesquisador sênior do SIPRI Arms and Military Expenditure Programme.





US Budget Control Act não afetou as empresas baseadas nos Estados Unidos

Com início em 2011, a combinação dos limites impostos aos gastos de Defesa nos Estados Unidos pelo  2011 Budget Control Act e a retiradas das tropas do Afeganistão e Iraque  dispararão um gradual declínio das vendas de pelas empresas americanas de defesa. A tendência continuou em 2013 com um decréscimo de 4,5 % no total de vendas de empresas americanas no SIPRI Top 100 comparado com as de 2012. A presença de empresas americanas no Top 100 reduziu de 42 companhias de 2011, para  38 em 2013.

'Esta é consequência  de as empresas americanas  estarem desativando seu portfolio de atividades, especificamente aquelas prestadoras de serviço e equipamentos  voltados para operações externas,' afirma o Dr Fleurant.




Produtores em países emergentes

A SIPRI criou uma nova categoria para fornecedores  ranqueados no  SIPRI Top 100 em  2013 para melhor avaliar sua evolução. Esta nova categoria compreende indústrias de Defesa dos países: Brasil, Índia, Republica da Coréia (ROK, South Korea), Cingapura e a Turquia.

Juntos os fornecedores emergentes representam  um modesto percentual das  Top 100 (cerca de 3,6%). Entretanto,o crescimento em 2013 para muitos des forncedores foi notável. Por exempo, as vendas da Korean Aerospace Industries, cresceram cerca de 31 %, em  2013, enquanto a Brasileira EMBRAER  e a Turca Aselsan continuam a aumentar suas posições no Top 100 desde a primeira aparição em 2011.

“Esta tendência salienta a discreta porém contínua erosão da dominação das empresas americanas e da Europa Ocidental ,' afirma  Dr Fleurant. '

Dados referentes à EMBRAER Defesa & Segurança
 

Ano 2013 2012 2011 2010
Ranking 62 68 86 101
Faturamento em
U$D milhões
1201 1060 870 810

 

 

 






Link para o Documentodo SIPRI na íntegra em pdf Link



Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 23 NOV, 16:40

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa