COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Aviação

01 de Agosto, 2014 - 09:30 ( Brasília )

Conferência discute necessidades da FAB

Cerca de 500 empresários paulistas participaram da Conferência “O Comando da Aeronáutica apresenta seus projetos e demandas às empresas do Grande ABC”

Cerca de 500 empresários paulistas participaram nesta quarta-feira (30/07) da Conferência “O Comando da Aeronáutica apresenta seus projetos e demandas às empresas do Grande ABC”. O encontro, realizado no Salão Nobre da Universidade Metodista, em São Bernardo do Campo (SP), teve como objetivo discutir as necessidades da FAB em relação ao setor da indústria nacional de defesa.

“Essa conferência nos proporcionou uma visão melhor de como podemos trabalhar em parceria com a FAB”, analisou o empresário Marco Antonio Ciconello. “Nossa expectativa é que as empresas tenham a oportunidade de conhecer as demandas da Aeronáutica. A possibilidade de novos investimentos e de longo prazo para propiciar que o Brasil, de fato, tenha uma estrutura de defesa compatível com sua importância no cenário global é fundamental”, ressaltou o prefeito da cidade, Luiz Marinho.

O Major-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, vice-chefe do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), iniciou o ciclo de palestras com o tema a “Força Aérea Definida por Capacidade”. O processo e os benefícios da catalogação aplicada à logística e a aquisição e nacionalização de itens aeronáuticos na FAB foram outros assuntos apresentados aos empresários na Conferência.

O evento também tratou de temas como os projetos estratégicos da Força Aérea, as aquisições da Subdiretoria de Abastecimento (SDAB) no apoio logístico operacional e o papel do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI). “Notamos que ainda existe um desconhecimento dos empresários em relação aos processos, por exemplo, de aquisição e catalogação da FAB. Acredito que o encontro foi bastante esclarecedor. À medida que eu tenho um maior número de fornecedores posso melhorar a qualidade dos produtos adquiridos, a oferta e o preço final”, explicou o Major-Brigadeiro Domingues.

Os empresários paulistas puderam conhecer, ainda, por meio de exposições estáticas, alguns produtos e serviços de unidades da FAB, como a Fazenda da Aeronáutica de Pirassununga, o Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP), o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), o Centro Logístico da Aeronáutica (CELOG), o Centro de Catalogação da Aeronáutica (CECAT) e a SDAB.

Ao final do evento, houve uma rodada de relacionamentos na qual os empreendedores tiveram a oportunidade de trocar informações e estabelecer contatos com os representantes das organizações militares da FAB. A partir do mês de setembro, haverá um serviço de apoio ao esboço de catalogação de produtos de defesa e cadastro de empresas, na sala do empreendedor, na prefeitura de São Bernardo do Campo. Esse documento será encaminhado para o órgão competente das Forças Armadas.

O evento contou com as presenças do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito e de Oficiais-Generais do Alto Comando da Aeronáutica. A realização teve o apoio do Quarto Comando Aéreo Regional (COMAR IV).



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa