COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Tecnologia

16 de Outubro, 2013 - 10:12 ( Brasília )

CTEx celebra contrato com a MECTRON



Informe divulgado pelo CTEx em 15 Outubro 2013

O Centro Tecnológico do Exército (CTEx) assinou no dia 9 de outubro o contrato de Pesquisa e Desenvolvimento do Módulo de Alimentação (MA) e dos Front-Ends do Módulo de Radiofrequência do Projeto Rádio Definido por Software de Defesa (RDS) com a MECTRON Engenharia, Indústria e Comércio S.A, empresa integrante da Organização Odebrecht.

A celebração do contrato inicia uma série de atividades que contribuirão para a construção de parte do hardware dos protótipos do RDS, os quais serão capazes de operar em três níveis de potência nas faixas de frequência de HF, VHF e UHF. A par disso, ele contribui para fortalecer a Base Industrial de Defesa, conforme preconizado pela Estratégia de Defesa Nacional.

Participaram do evento o Chefe do CTEx, Gen Bda Claudio Duarte de Moraes, o Diretor Presidente da MECTRON, Sr Gustavo Hassum Ramos, e demais integrantes das duas organizações. Na ocasião, o Gen MORAES destacou a importância do RDS para as Forças Armadas e a confiança na parceria ora estabelecida para conduzir um projeto de alta complexidade tecnológica. O Sr Gustavo Hassum Ramos asseverou que a participação no RDS é estratégica para a empresa e ressaltou que: “Para a MECTRON, é uma honra trabalhar em parceria com CTEx, para que em conjunto desde o início, possamos encarar os desafios tecnológicos e alcançarmos a maturidade necessária para o desenvolvimento e produção do RDS de Defesa."

O RDS é um projeto do Ministério da Defesa que integra o Projeto Estratégico de Defesa Cibernética, cuja gerência foi atribuída ao Centro Tecnológico do Exército, tendo como finalidades promover a interoperabilidade nas comunicações rádio das Forças Armadas e atuar no espaço cibernético com liberdade de ação. O projeto prevê o desenvolvimento de protótipos de rádios, baseados no paradigma RDS, para mobiliar vetores navais, terrestres e aéreos. Tem como faróis: o domínio de todo o conhecimento na área de RDS, que é considerado sensível no contexto da Defesa Cibernética; e o fortalecimento da Base Industrial de Defesa, sobretudo na área de Telecomunicações.

Participam do projeto RDS várias Instituições de Ciência e Tecnologia militares, tais como: Instituto Tecnológico da Aeronáutica, Instituto de Estudos Avançados, Instituto de Pesquisa da Marinha e Centro de Análise de Sistemas Navais, bem como um contingente de 40 engenheiros das Três Forças. Integram, ainda, o projeto cerca de 20 profissionais do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) que atuam em sua sede em Campinas-SP.

Parte significativa da P&D do projeto RDS será realizada no próprio CTEx, onde foi montada uma infraestrutura física de aproximadamente 500m2, o Núcleo de Inovação e Pesquisa em Comunicações Aplicadas à Defesa (NIPCAD), contendo modernos laboratórios de hardware e software.



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa