26 de Fevereiro, 2013 - 08:51 ( Brasília )

Aviação

EDA - Pilotos da Esquadrilha da Fumaça finalizam curso de formação


Três novos pilotos da Esquadrilha da Fumaça terminaram o Curso de Formação de Piloto de Demonstração Aérea nesta última quinta-feira (21) em Pirassununga - SP. A finalização do curso foi realizada com o voo solo de cada piloto, em sua respectiva posição, durante o treinamento de demonstração de bom e mau tempo com as sete aeronaves.

Após o pouso, os pilotos foram cumprimentados pelos integrantes da equipe, incluindo seus respectivos instrutores, e familiares que vieram acompanhar a conquista. O Capitão Ubirajara Pereira Costa Júnior, novo Ala Esquerda, afirmou ser “muito emocionante fazer 72 missões e sair solo em um avião. É muito gratificante, como aviador, fazer parte definitivamente da equipe do EDA”. Já o Capitão Daniel Garcia Pereira, que assume a posição de Ala Direita Externa, salientou que voar sozinho confirma a independência de um piloto. “É emocionante o voo solo com a equipe da Esquadrilha. Desde o início da decolagem até a aterrissagem, com os cumprimentos dos colegas e da família, é gratificante passar por toda essa experiência”.

Ao lado de sua família, o Tenente Thiago Romeiro Capuchinho, que voará na Ala Direita, também reiterou a importância do momento: “o primeiro solo é a consagração de um trabalho de uma equipe grande em prol da formação de mais um membro da Fumaça. É uma satisfação enorme saber que todos se empenharam de alguma forma para que eu atingisse a marca do dia de hoje”.

O curso é composto
por voos de readaptação, fase básica para adaptação ao voo de dorso, fase avançada para aprendizado das manobras e aprimoramento das acrobacias e adaptação ao display de demonstração com seis e sete aeronaves. O Capitão Costa explica que,“nos briefings, foram transmitid

os todos os conhecimentos teóricos em relação às manobras que seriam realizadas. Em paralelo, cada posição tem um manual específico, o qual teve que ser estudado. A parte prática foi exercida nos voos, e os conhecimentos foram transmitidos pelos instrutores de cada posição”. O Capitão Garcia ressalta que “o curso é muito bem distribuído, com um aumento gradual do nível de dificuldade das manobras, o que permite ao novo fumaceiro uma boa adaptação ao voo”. Os três pilotos ingressaram na equipe no segundo semestre de 2012.