14 de Fevereiro, 2013 - 10:33 ( Brasília )

Aviação

Índia avalia cancelar aquisição de helicópteros


Victor Mallet

A Índia está pronta para cancelar um contrato de US$ 750 milhões para comprar helicópteros da italiana Finmeccanica se os investigadores concluírem que o acordo envolveu suborno, disse ontem o ministro da Defesa do país, A.K. Antony.

A ameaça seguiu-se à prisão do presidente-executivo e do conselho da empresa na terça-feira, Giuseppe Orsi, que foi diretor da AgustaWestland, divisão para a fabricação de helicópteros.
 

O Escritório Central de Investigação da Índia (CBI, na sigla em inglês) iniciou uma apuração própria sobre o negócio. Um "pacto de integridade" anticorrupção foi assinado em 2010 com a AgustaWestland para fornecer 12 helicópteros para transportar executivos como o presidente e o primeiro-ministro pelo país.
 

"Quando tivermos o relatório do CBI, vamos tomar ações mais rígidas contidas no pacto. Isso inclui o cancelamento do contrato, deixar de fazer negócios com a companhia e ações criminais", disse Antony.

Leia também:
FINMECCANICA - Ciao Orsi - Benvenuto Pansa