28 de Janeiro, 2013 - 12:13 ( Brasília )

Aviação

Drones estão no centro de violações de direitos humanos em diferentes países


Luiza Duarte

O crescente número de mortes de civis e membros de organizações terroristas sem direito a julgamento provocadas pelo uso cada vez mais recorrente de veículos aéreos não tripulados (VANT), ou drones, em zonas onde não há declaração formal de guerra têm alarmado entidades de defesa dos direitos humanos.

Na última semana, as Nações Unidas iniciaram uma investigação sobre a morte de civis em ataques de drones realizados pelo exército dos Estados Unidos contra alvos terroristas em países como Paquistão, Afeganistão, Iêmen e Somália.

O relatório do inquérito, que será concluído em outubro, pode levar a abertura de um processo na corte internacional por crime de guerra, se for provada a ilegalidade dessas ações. Israel e Reino unido também serão investigados.

Em entrevista à RFI, Nelson Düring, editor do defesanet, publicação especializada em defesa, estratégia e tecnologia, e Maurício Santoro, assessor de direitos humanos da Anistia Internacional, explicam porque os drones estão no centro de graves violações de direitos humanos.

Escute RFI:
http://www.portugues.rfi.fr/aef_player_popup/rfi_player# (link)