11 de Maio, 2011 - 12:50 ( Brasília )

Aviação

EMBRAER Entrega 200º PHENOM 100

Relacionamento com o cliente lançador do 1º jato executivo da Embraer segue fortalecido


 

São José dos Campos, 11 de maio de 2011 – A Embraer entregou, no último mês de abril, o 200o jato Phenom 100, em cerimônia realizada na sede da Empresa, em São José dos Campos, Estado de São Paulo. A aeronave foi recebida pelo Grupo Swift Aviation, com sede em Phoenix, Estado do Arizona, EUA, companhia privada que fornece diversos serviços de aviação, tais como fretamento de aviões, gestão de vendas de vôos fretados, entre outros.
 
Este Phenom100 foi encomendado pela Swift em maio de 2006 e ficará na sede da empresa, em Phoenix. Em 2000, a Swift tornou-se o cliente lançador do jato Legacy 600, da Embraer, com uma encomenda de 25 aeronaves. Hoje, a frota da empresa também inclui o Phenom 100, o jato executivo mais entregue no mundo em 2010.
 
“Estamos satisfeitos com a entrega da 200a unidade do nosso popular jato Phenom 100 ao Grupo Swift Aviation”, disse Ernest Edwards, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Executiva. “O nosso longo e bem-sucedido relacionamento com a Swift começou com o Legacy 600. Tenho a confiança que o Phenom 100 continuará contribuindo positivamente para o sucesso das operações da Swift.”
 
“Entre todas as aeronaves da sua classe, o Phenom 100 é a que oferece o melhor retorno do investimento, além de ser uma excelente aeronave privada”, disse Jerry Moyers, proprietário do Grupo Swift Aviation. “O estilo, desempenho e conforto do jato, na minha opinião, superam o de qualquer outro jato da categoria entry level disponível no mercado. Após a compra do Legacy 600 e do excelente relacionamento profissional mantido com a Embraer nos últimos dez anos, tenho grandes expectativas para esta aeronave e para o respectivo suporte ao cliente.”
 
A Embraer está comemorando dez anos no mercado de jatos executivos em 2011. Hoje, o portfólio da Empresa inclui sete aeronaves, do entry level Phenom 100 ao ultra-large Lineage 100. Em 2010, de um em cada cinco jatos executivos entregues no mundo foi produzido pela Embraer.
 
Sobre o Grupo Swift Aviation

O Grupo Swift Aviation tem sede em Phoenix, Estado do Arizona, EUA, e fornece diversos serviços de aviação. A companhia é um operador de base fixa (FBO) e conta com um luxuoso terminal próprio no Aeroporto Internacional de Sky Harbor, com dois hangares de 3.716 metros quadrados (40 mil pés quadrados) cada, para manutenção e armazenagem. O Grupo Swift Aviation também opera vôos fretados por meio da companhia aérea Swift Air, LLC, e possui uma divisão de gestão de aeronaves, destinada aos proprietários de aviões que buscam aumentar a valorização dos investimentos
 
Sobre Embraer no mercado de aviação executiva
 
Menos de um ano após anunciar sua entrada no mercado de jatos executivos, a Embraer
realizou o vôo inaugural do seu primeiro produto, o Legacy 600, em 2001. O sucesso do jato desde a entrada em service, em 2002, juntamente com o lançamento de novos produtos e a expansão dos serviços ao cliente, reforçou o comprometimento da Companhia em se tornar uma das principais empresas deste segmento.
 
A experiência da Embraer no projeto de aviões para cenários de alta utilização conferem aos seus jatos executivos características únicas no mercado, disponibilizando aos clientes tranqüilidade e disponibilidade por meio de um amplo portfólio e manutenção simplificada. O entry level Phenom 100, o light Phenom 300, o midlight Legacy 450, o midsize Legacy 500, o super midsize Legacy 600, o large Legacy 650 e ultra-large Lineage 1000 são os melhores das respectivas categories e oferecem espaço e conforto superiores, excelente desempenho e baixos custos operacionais. Atender às necessidades dos clientes é o foco da Embraer no projeto dos seus jatos executivos, que têm grande aceitação em todo o mundo.
 
 
Sobre o jato executivo Phenom 100
 
Conforto superior, desempenho excepcional e baixos custos de operação são requisitos imprescindíveis no projeto do jato Phenom 100, o melhor da sua classe. A aeronave oferece aos pilotos e passageiros conforto e estilo sem paralelo em sua categoria.
 
Desenvolvida em parceria com a BMW Group Designworks USA, a sensação de ambiente agradável e relaxante é ainda enfatizada pelas amplas janelas e a comodidade proporcionada pela maior cabine em sua classe. A funcionalidade da cabine de pilotagem e as qualidades de vôo da nova aeronave permitem a operação por apenas um piloto. Empregando a experiência em projeto e engenharia da Embraer, o jato Phenom 100 foi concebido para alta utilização e disponibilidade. Para segurança e confiabilidade adicionais, o jato oferece um sistema brake-by-wire com a funcionalidade antiderrapante na configuração padrão.
 
O Phenom 100 foi lançado pela Embraer em 2005 e é o jato executivo mais confortável da categoria entry level, acomodando quatro passageiros na configuração executiva típica (club seat configuration). O compartimento de bagagem traseiro tem capacidade total de 1.501 litros (53 pés cúbicos), volume suficiente para transportar malas e equipamentos de golfe e esqui. Espaço adicional para armazenamento na parte dianteira da aeronave e armários internos oferecem até 453 litros (16 pés cúbicos) extras, elevando a capacidade total do jato para 2.010 litros (71 pés cúbicos).
 
Baseado no sistema de aviônica da Garmin, que é completamente integrado e totalmente
digital, a cabine de comando Prodigy® oferece aos operadores dos jatos Phenom mais
vantagens que qualquer outro conjunto de aviônica atualmente no mercado. A cabine de
pilotagem dispõe de três monitores intercambiáveis de 12 polegadas, sendo dois Monitores Primários de Vôo (Primary Flight Displays – PFD) e um Monitor de Função Múltipla (Multi- Function Display – MFD). O sistema integra todas as informações primárias de vôo, navegação, comunicação, topologia, tráfego, meteorologia, instrumentação dos motores e sistemas de alerta à tripulação, e apresenta a informação consolidada nas três telas coloridas de alto brilho e alta definição, que são plenamente legíveis à luz do sol.
 
Dois motores PW617F-E da Pratt & Whitney Canada com 1.695 libras de empuxo cada equipam o jato. O alcance com quatro ocupantes é de 1.178 milhas náuticas (2.182 km ou 1.356 milhas) com reservas NBAA IFR (35 minutos de espera e alternativa de 100 milhas náuticas). A aeronave tem capacidade de voar a 12.497 metros (41 mil pés), atingidos em subidas diretas, mesmo com peso máximo. Além disso, o Phenom 100 foi projetado para decolagens e pousos em pistas curtas e para voar à velocidade máxima de Mach 0,70, ou 390 nós (True Air Speed – TAS). Estas características permitem aos clientes voar sem escalas de São Paulo a Buenos Aires, Argentina; de Recife a Brasília; de Buenos Aires ao Rio de Janeiro; ou de Caracas, Venezuela, a Manaus.
 
O preço de lista do Phenom 100 é de USD 3,91 milhões, com base nas condições econômicas de 2011. O jato recebeu o IF Award, na Alemanha, como melhor produto, em 2006, e melhor interior, em 2007, bem como o Good Design Award, na China, pelo melhor projeto, em 2006. Em maio de 2008, os editores da revista norte-americana Robb Report elegeram o Phenom 100 o melhor dos melhores jatos executivos (Best of the Best Business Jet).